Vacinas contra meningite C e HPV estão disponíveis em 36 mil unidades de saúde pelo país


Este ano, os meninos de 12 e 13 entraram na campanha de vacinação contra o Papilomavírus, popularmente conhecido como HPV. Eles se juntam as meninas  de 9 a 14 no  processo imunização.  Nas mulheres, o vírus é o principal responsável pelo surgimento do câncer no colo do útero. Nos homens, o HPV pode gerar lesões cancerígenas no  pênis, ânus, garganta e boca.  Outra novidade é que além do HPV, os adolescentes também estão sendo vacinados contra a Meningite C que pode causar sequelas neurológicas ou causar a morte. A coordenadora-substituta  do Programa Nacional de Imunização do Ministério da Saúde, Ana Goretti, destaca  que os  rapazes, além de contrair doenças,  também se tornam os principais transmissores para as mulheres.
 "Hoje se sabe que o HPV não causa problemas só nas meninas  - 02'05".. Ele pode levar esses meninos, no futuro, a ter câncer de pênis, garganta, boca e verrugas genitais, que é uma doença que não mata, mas é uma doença muito estigmatizante.  Além disso, a importância de vacinar os meninos é porque eles são os principais transmissores para as mulheres. Então você, vacinando os meninos, certamente também vai conseguir reduzir ainda mais a questão do câncer cérvico uterino, o câncer de faringe nas meninas, verrugas genitais também, trazendo benefícios para toda população."
É bom lembrar: além da vacinação contra o HPV, os  36 mil postos de vacinação do país também estão oferecendo a dose contra a Meningite C a meninos e meninas de 12 e 13 anos. A meta do Ministério da Saúde e imunizar 80% do publico alvo. Não perca tempo. Procure uma unidade de saúde e vacine-se! Não esqueça de levar a caderneta de vacinação.  Vacinação, é nessa fase que você fica mais forte. Para mais informações, acesse: saúde.gov.br/vacinação

Aplicativo

Para instalar no Android, ative a opção para instalação de aplicativos de fontes desconhecidas.

Os aplicativos são disponibilizados por CICLANOHOST


Facebook


Twitter