População de Santo Ângelo já pode usufruir de Internet pública e gratuita


A população de Santo Ângelo já pode acessar a internet gratuitamente em quatro pontos do município: Praça Pinheiro Machado, Praça Ricardo Leônidas Ribas (a Praça do Brique), Complexo de Lazer Assis Brasil Ramos Escobar e Parque de Exposições Siegfried Ritter.

Nesta semana, com o acesso à internet pelo prefeito de Santo Ângelo, Valdir Andres, na Praça Pinheiro Machado, foi oficializada a abertura do sinal nesses locais. O acesso gratuito à internet foi viabilizado pelo Projeto Cidade Digital.

Para o primeiro acesso é necessário que o cidadão faça um cadastro na página do Cidade Digital. De acordo com o diretor do Departamento de Processamento de Dados da Prefeitura de Santo Ângelo, José Fioravante Schneider, se o cidadão não fizer o cadastro e não preencher o formulário adequadamente não conseguirá navegar. "Ao realizar o cadastro o cidadão deverá criar uma senha, garantindo ao usuário a navegação livre em todos os pontos de acesso do município", explicou Schneider.

OUTROS PROJETOS
Integrando o Cidade Digital, outros quatro projetos estão em andamento - o "Educar", "Salutar", "Torres" e o "Sistema de Videomonitoramento"- para que 100% da população de Santo Ângelo possa estar incluída digitalmente.

Segundo Schneider, que é responsável pela elaboração e coordena a execução desses projetos, o município está trabalhando na montagem de uma estrutura capaz de garantir cobertura de internet tanto na área urbana quanto na rural.

Os projetos "Educar"e "Salutar" preveem novas instalações e melhorias de infraestrutura em comunicação de dados. O "Educar" é voltado às escolas do município e o "Salutar" aos Postos de Saúde.
- As adequações previstas nestes dois projetos, com investimentos de R$ 160 mil, vão preparar as escolas e Postos de Saúde para a conexão com o Cidade Digital, via fibra ou via rádio -, explicou.

Já o projeto "Torres" prevê investimentos de R$ 110 mil e a instalação de 11 torres de transmissão de dados em locais estratégicos para possibilitar a total conectividade de todas as localidades e pontos da área urbana e rural. Estes três projetos serão executados com recursos próprios do município.

O quarto projeto é o do novo Sistema de Videomonitoramento que será operado pela Brigada Militar e prevê a instalação de 24 câmeras de videomonitoramento e aplicação de R$ 1.137.000,00 - R$ 1 milhão do Ministério da Justiça, viabilizado por emenda parlamentar do deputado federal Fernando Marroni e contrapartida de R$ 137 mil do município. O projeto de implantação do novo Sistema de Videomonitoramento está em fase adiantada, com previsão de início dos trabalhos em setembro e prazo de execução de 120 dias.

A base para todos esses projetos é a rede de fibra óptica que recebeu investimentos de R$ 2,34 milhões.
Schneider frisou que com a conclusão desses projetos estará finalizada a fase de conectividade da Cidade Digital de Santo Ângelo.

"A próxima fase será a concessão pública para exploração comercial de 50% de toda a infraestrutura montada pelo município que está estimada em R$ 4,797 milhões. A empresa concessionária deverá dar manutenção preventiva e corretiva de toda estrutura", acrescentou.


Fonte: site A Tribuna Online/Foto: Priscila Nhoatto
Postado por Lucas Mumbach

Aplicativo

Para instalar no Android, ative a opção para instalação de aplicativos de fontes desconhecidas.

Os aplicativos são disponibilizados por CICLANOHOST


Facebook


Twitter