Temporal e ventos de mais de 100 km/h causam estragos no Rio Grande do Sul


Diversas cidades gaúchas foram afetadas pelos temporais e ventania durante a noite de quarta-feira (18) e madrugada desta quinta-feira (19) no Rio Grande do Sul. Os ventos passaram dos 100 km/h em mais de uma localidade. Foram registrados estragos como destelhamentos de casas, quedas de postes e de árvores, além de alagamentos. Conforme os radares da Rede de Meteorologia do Comando da Aeronáutica (Redemet) chove forte em quase todo o estado.
A chuva chegou a Porto Alegre ainda na noite de quarta, quando em menos de quatro horas, o volume de água foi quase um terço do previsto para o mês. Isso fez com que surgissem pontos de alagamentos, além de ventos de mais de 70 km/h na Zona Norte da cidade, conforme os radares da Aeronáutica.
Mas em outras quatro cidades, no inteior, as rajadas passaram dos 100 km/h. No começo da manhã a instabilidade era forte entre o Centro e o Noroeste do estado. No entanto o alerta de temporal é para toda a Região Sul do país.

Em Três de Maio, segundo informações do Corpo de Bombeiros, a cidade foi atingida por fortes ventos por volta das 04 e 30 da madrugada. As fortes rajadas de vento danificaram o telhado de um prédio na Rua Horizontina, levando a estrutura ao solo. Também na Rua Horizontina ocorreu quedas de cabos de alta tensão da rede de energia elétrica.

Em Santa Maria, na Região Central do estado, foi registrado um número ainda não determinado de destelhamento de casas, além da queda de árvores e postes. Entre os bairros mais atingidos estão o Parque do Pinheiro e Nova Santa Marta.

De acordo com a Defesa Civil, a chuva forte começou por volta das 2h30, e as linhas chegaram a ficar congestionadas em virtude do volume de chamados.
Em Panambi, no Noroeste, moradores relatam estragos em casas, falta de energia elétrica e árvores caídas.
Em Santana do Livramento, na Fronteira Oeste, o Corpo de Bombeiros relatou queda de granizo durante a noite, com estragos.
Durante a madrugada as rajadas de vento destelharam seis casas e interrompeu o fornecimento de energia elétrica em Alegrete, também na Fronteira Oeste, conforme a Defesa Civil. Postes e árvores caíram e lonas são distribuídas para famílias afetadas pela queda de granizo.
Em São Francisco de Assis, na mesma região, o granizo destelhou casas na localidade rural de Rincão das luzes, mas as equipes de emergência ainda levantavam o tamanho dos estragos.


Temporal desarmou quatro linhas de transmissão

Devido ao temporal, quatro linhas de transmissão estão inoperantes: em Jaguari, entre Cruz Alta e Tupanciretã, em Tapera e entre a Usina de Jacuí e Cruz Alta. Segundo as concessionárias RGE e RGE Sul, a situação é crítica e as rajadas de vento forte seguem na região.
Conforme as empresas não é possível estimar a extensão dos dados. Entretanto, equipes da RGE e a RGE Sul estão mobilizadas desde a madrugada para mobilizar o serviço.
Na área de concessão da CEEE, há falta de luz em Pelotas, no Sul do estado; e em Bagé, na Fronteira com o Uruguai. Conforme a concessionária de energia, equipes estão nas ruas para normalizar o fornecimento de energia. Porto Alegre também registrou falta de luz, mas o serviço já foi reestabelecido.

Bloqueios em rodovias federais

As chuvas também causaram bloqueios nas rodovias federais gaúchas. No início da manhã desta quinta-feira, o número de bloqueios parciais e totais passava de mais de 10 trechos, mas diminuiu para sete locais por volta das 8h. Confira:
Em Bagé, no km 600,5 da BR-153, interrupção parcial por queda de barreira.
Entre Santiago e Jaguari, BR-287 registra vários pontos com interrupção total por queda de árvores, equipes ainda não conseguiram chegar a todos eles.
Em Itaara, no km 308 da BR-158, interrupção total por queda de árvore.
Em Ijuí, no km 440 da BR-285, interrupção parcial de pista por queda de árvore.
Em São Pedro do Sul, km 276 da BR-287, interrupção total por queda de árvore.
Em São Vicente do Sul, no km 313 da BR-287, interrupção total por queda de árvore.
Em Palmeira das Missões, no km 20 da BR-468, km 20, ocorreu uma interrupção parcial por queda de árvore causada por temporais.


Fonte: RBS TV e G1 RS

Aplicativo

Para instalar no Android, ative a opção para instalação de aplicativos de fontes desconhecidas.

Os aplicativos são disponibilizados por CICLANOHOST


Facebook


Twitter