Após polêmica, Kassab volta atrás e desiste de limitar banda larga fixa


Foi rápido. Apenas um dia após causar polêmica ao dizer que o limite de banda larga fixa seria adotado ainda em 2017, o ministro da Ciência, Tecnologia, Inovação e Comunicações, Gilberto Kassab, voltou atrás nesta sexta-feira, 13/01.

O Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovação e Comunicações divulgou uma nota em seu site nesta sexta-feira, 13/1, "esclarecendo que não haverá mudanças no modelo atual de planos de banda larga fixa". 

Confira a seguir a nota na íntegra: "O ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Gilberto Kassab,, reiterando seu compromisso em atender o interesse da população e do consumidor."

Anatel já tinha desmentido

Antes mesmo de o Ministério soltar a nota oficial voltando atrás nas declarações de Kassab, o presidente da Anatel, Juarez Quadros, já tinha negado que existisse a intenção de reabrir o debate sobre a franquia nos planos de Internet de banda larga fixa.

Segundo Quadros, continua em vigor a decisão publicada pela Agência em abril de 2016 que proíbe as operadoras de bloquear o acesso à Internet pelos usuários após o usuários atingir a franquia.

Aplicativo

Para instalar no Android, ative a opção para instalação de aplicativos de fontes desconhecidas.

Os aplicativos são disponibilizados por CICLANOHOST


Facebook


Twitter