Grupo de Trabalho da FETAG vai buscar sustentabilidade do setor leiteiro


A queda acentuada no preço de referência pago pelo leite no mês de setembro (14,29%) motivou a FETAG a chamar sua Comissão Estadual do Leite para reuniões ontem (29) e hoje na sede da Federação, em Porto Alegre, quando foram convidadas a CCGL e Lactalis. O presidente da FETAG, Carlos Joel da Silva, mostrou aos dirigentes das indústrias - Caio Vianna, presidente da CCGL, e Guilherme Portela, da Lactalis - a necessidade de buscar sustentabilidade para o setor, uma vez que a produção leiteira, além de ser uma tradição para os gaúchos, representa o contracheque para mais de 100 mil famílias.
     Entre os encaminhamentos do encontro, Joel destaca a criação de um Grupo de Trabalho, que vai buscar saídas para a cadeia produtiva, entre elas a viabilidade na elaboração de contratos de produção, além de saber o valor que vai receber no momento da entrega do leite à indústria. O presidente da CCGL, Caio Vianna, garantiu que na condição de cooperativa, a CCGL vai ajudar e estará ao lado da FETAG e do produtor. "O foco do problema hoje é a importação e o governo deve frear as aquisições de empresas lá fora", justificou.
     Vianna assegurou às lideranças que a CCGL não excluirá produtores que ainda não alcançam a produção de 100 litros/dia. "A nossa intenção é trabalhar com as famílias o manejo e a fertilidade do solo, pois somente desta forma eles conseguirão elevar a produtividade. Ao mesmo tempo, Guilherme Portela, da Lactalis, também aceitou a criação do Grupo de Trabalho para trabalhar a cadeia.
Mais informações: Carlos Joel da Silva (51) 9314-5750

Aplicativo

Para instalar no Android, ative a opção para instalação de aplicativos de fontes desconhecidas.

Os aplicativos são disponibilizados por CICLANOHOST


Facebook


Twitter