Padrasto é preso por estupro de menor e violência doméstica em Doutor Maurício Cardoso


Atendendo Pedido do Ministério Público, a titular da 2ª Vara Judicial da Comarca de Horizontina Dra Cátia Paula Saft ordenou a Prisão Preventiva de um padrasto de iniciais N.A.G, por violência doméstica e estupro de uma adolescente, do seu convívio familiar.
Os abusos aconteciam desde que a menina tinha 9 anos. O processo tramita desde 2014 em Segredo de Justiça, para preservação da identidade da vítima e a sentença foi julgada parcialmente procedente no dia 13.09.2016 e a Delegacia de Polícia de Doutor Maurício Cardoso informou que foi cumprido mandado de prisão e que foi realizada a prisão do acusado na mesma data naquele município.
O homem era professor em uma escola municipal e a menina além de familiar, aluna no educandário. A relação criminosa do acusado com a vítima, no entanto, não se dava no ambiente escolar. Mas a forma enérgica de tratamento dele com a vítima despertava atenção dos colegas.  Diante dos fatos mais tarde relatados pela menina a situação revoltou a comunidade.
O professor esteve afastado durante tramitação do processo que culminou com sua prisão preventiva, estando já internado no sistema prisional do RS. 

Fonte: Folha Cidade

Aplicativo

Para instalar no Android, ative a opção para instalação de aplicativos de fontes desconhecidas.

Os aplicativos são disponibilizados por CICLANOHOST


Facebook


Twitter