Número de municípios gaúchos infestados pelo mosquito Aedes aegypti chega a 212 em 2016


O número de municípios gaúchos infestados pelo mosquito Aedes aegypti chega a 212 em 2016. O valor representa cerca de 40% de todas as cidades do Estado. Para ser considerado infestado, é preciso um mínimo de três confirmações de larvas do inseto em sequência. Apesar do número elevado, desde julho nenhum caso de dengue foi confirmado no Rio Grande do Sul. 


Conforme a Secretaria Estadual da Saúde, das 19 coordenadorias regionais, Santo Ângelo (24 cidades), Santa Rosa, (22 cidades) e Ijuí (20 cidades) tiveram registro de mosquito em todos os municípios da suas respectivas áreas de abrangência. Há uma grande infestação na região de Palmeira das Missões (onde 20 dos 26 municípios estão infestados) e Frederico Westphalen  (em que 22 dos 26 registram infestação).


O município de Ijuí apresenta o maior numero de casos autóctones (331) de dengue - aqueles contraídos dentro do Rio Grande do Sul - no Estado, com uma taxa de incidência de 399,6 casos por 100 mil habitantes, seguido por Frederico Westphalen com 315 e incidência de 1030,8 e Porto Alegre com 307 casos  e uma taxa de 20,8 para cada 100 mil habitantes.


Neste ano, foram confirmados 2.417 casos de dengue, sendo que apenas 180 são importados (transmissão fora do Estado). O pico da incidência da dengue no Rio Grande do Sul em 2016 foi em março, com 954 casos de dengue autóctones confirmados. Os últimos casos foram registrados na primeira metade de junho.

Fonte: Rádio Gaucha

Aplicativo

Para instalar no Android, ative a opção para instalação de aplicativos de fontes desconhecidas.

Os aplicativos são disponibilizados por CICLANOHOST


Facebook


Twitter