Homem dirige vários quilômetros com cadáver preso ao para-choque na Argentina


Um motorista atropelou um motociclista e dirigiu durante vários quilômetros por uma estrada da Argentina sem perceber que tinha um cadáver preso em seu para-choque, informou neste domingo a procuradoria de Rosario, 300 km ao norte de Buenos Aires.
A denúncia foi feita por um motorista de 50 anos que chamou a polícia para avisar que, ao parar seu veículo, constatou que arrastava o corpo de um homem, identificado como Víctor Leiva, de 40 anos.
"Achei que havia colidido com um tronco de árvore e que ele estava preso", disse o motorista, identificado como José Luiz, acusado pela procuradoria de homicídio culposo.
Em sua defesa disse que o acidente ocorreu em meio a um temporal e que acreditava ter colidido na estrada com um grande galho arrancado de uma árvore pelo vento.
A polícia encontrou na estrada, no local da colisão, a motocicleta de Leiva.

Fonte clicrbs

Aplicativo

Para instalar no Android, ative a opção para instalação de aplicativos de fontes desconhecidas.

Os aplicativos são disponibilizados por CICLANOHOST


Facebook


Twitter