Parcelas de custeio da safra passada com vencimento em julho e agosto deste ano poderão ser prorrogadas pelos agricultores gaúchos


As parcelas poderão ser prorrogadas para os meses de novembro e dezembro. A medida foi negociada entre representantes dos produtores rurais e Banco do Brasil (BB), a fim de aliviar a pressão de venda imediata de grãos - um risco especialmente para o arroz, que registra queda de preços. Os juros permanecerão em 6,5% ao ano. Outra medida para dar fôlego aos produtores e evitar excedente na oferta é a disponibilização de R$ 200 milhões para apoio à comercialização a título de Financiamento para Estocagem de Produtos Agropecuários.

Aplicativo

Para instalar no Android, ative a opção para instalação de aplicativos de fontes desconhecidas.

Os aplicativos são disponibilizados por CICLANOHOST


Facebook


Twitter