Morador de Campo Novo está sendo investigado pela Polícia Civil por supostas ofensas a um haitiano


No vídeo o ofensor ironiza o frentista haitiano por estar empregado no Brasil. Conforme o escrivão da 20ª Delegacia, o crime cometido, em tese, é o de Preconceito de Origem Nacional, prevista na lei que define crimes de preconceito de raça e de cor. O vídeo foi feito pelo agressor e divulgado na Internet. A polícia não informou o nome do agressor, mas confirmou que, na ficha criminal dele, há antecedentes por roubo a estabelecimentos comerciais e sequestro. O vídeo polêmico postado na semana passada não se encontra mais disponível no You Tube.

Aplicativo

Para instalar no Android, ative a opção para instalação de aplicativos de fontes desconhecidas.

Os aplicativos são disponibilizados por CICLANOHOST


Facebook


Twitter