Informações divulgadas pela imprensa do Paraguai inocentam músico do Grupo safira


O empresário Nelsinho Maya da banda Safira de Santo Cristo, revelou em uma entrevista para os comunicadores Antônio de Oliveira e Marcos Domanski, da rádio Cidade Canção FM, que informações divulgadas pela imprensa do Paraguai, inocentam o músico que teve o nome arrolado como suspeito no crime que vitimou a jovem Jéssica Lovatto de Oliveira, 19 anos. O empresário disse que o sistema de imagem flagrou a jovem saindo do parque onde ocorria uma feira, na carona de uma motocicleta em que estavam dois rapazes. Mais tarde o corpo de Jéssica foi encontrado na tubulação pluvial, próximo ao parque em que acontecia a feira que era animada pela banda Safira.

O laudo da perícia, apontou que a jovem foi violentada, torturada e estuprada. O crime aconteceu na madrugada do dia 8, de maio. Jéssica Lovatto de Oliveira era brasileira, mas residia, na cidade de Santa Rita - Paraguai.

Aplicativo

Para instalar no Android, ative a opção para instalação de aplicativos de fontes desconhecidas.

Os aplicativos são disponibilizados por CICLANOHOST


Facebook


Twitter