Horizontina sedia V Jornada Pedagógica e II Jornada Internacional de Educação


O Centro de Convivência Antenor Montigny da Silva ficou pequeno para o público que acompanha, desde a manhã desta terça-feira (16), a realização da V Jornada Pedagógica e a II Jornada Internacional de Educação na Região de Fronteira.

Sediados pela segunda vez em Horizontina, os eventos terão sequência até a quinta-feira (18), a partir da parceria de oito municípios: além de Horizontina, são promotores Porto Mauá, Doutor Maurício Cardoso, Novo Machado, Tuparendi, Tucunduva, Nova Candelária e São José do Inhacorá.

"Essa união possibilitou que trouxéssemos para o município, mais uma vez, grandes nomes da área da educação. Ao todo, serão 28 palestrantes, responsáveis por ministrar palestras e oficinas nas mais diversas áreas, trazendo o que há de mais novo no País e no mundo", destacou o secretário de Educação e Cultura de Horizontina, Oldair Bianchi.

Em nome dos gestores dos municípios da região, o prefeito de Nova Candelária, Carlos Alberto Dick, destacou que não houve dúvidas em se investir no evento. "Acreditamos que novos rumos podem ser tomados através da educação", disse, fala que foi complementada pelo prefeito de Horizontina, Nildo Hickmann. Segundo ele, os municípios, ao se unirem para realização dos eventos, promoveram uma boa gestão dos recursos, garantindo qualificação aos seus professores com um custo muito reduzido aos cofres públicos. "Se tivéssemos que pagar para que nossos professores fossem a Porto Alegre ou Curitiba para realizar uma capacitação como essa, mais de R$ 1 milhão seria necessário", explicou Nildo.

Ao público, integrado por autoridades e profissionais da educação, Nildo lembrou da seriedade com que a educação vem sendo tratada em Horizontina, tanto que o município ocupa, atualmente, o 2º lugar em educação pública no Estado e o 34º no País, de acordo com o Índice Firjan de Desenvolvimento Municipal - um estudo da Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro.

Abertura especial
Após pronunciamento das autoridades, os eventos tiveram início com a palestra de Eduardo Shinyashki, sobre "Competências Socioambientais na Educação: Integração entre o sentir e o aprender".

De uma forma dinâmica, o convidado apontou para a preocupação de não termos confiança em nossas competências. "Dentro de sala de aula é comum encontrarmos crianças tímidas, retraídas. Mas isso não quer dizer que essa será uma característica definitiva. Nós exageramos ao reforçamos essa experiência, não permitindo que elas mudem até a fase adulta", explicou.

De acordo com Eduardo, os limites e as realidades nascem dentro de nossa mente. E é essencial que a imaginação seja estimulada, para que haja, de fato, uma ação transformadora no sujeito. "Em uma pesquisa realizada na Itália, observamos que a leitura, a escuta ou a fala não são ações significativamente transformadoras. Aproximadamente 68% do nosso cérebro é ativado por coisas que não existem, ou seja, pela nossa imaginação, que acaba nos motivando a agir."

Aos educadores, o convidado ressaltou a importância de se estimular o sonho, de se buscar um sentido e um significado para as ações cotidianas. Está aí a necessidade de serem trabalhadas as competências socioemocionais, pessoais, sociais e produtivas - principalmente em sala de aula.

Sequência
Ainda nesta terça-feira, passaram pelo palco do Centro de Convivência os palestrantes Pedro Luís Büttenbender, Joe Garcia, Soraia Napoleão Freitas e Sandra Bozza. O dia encerra com apresentação de Dante Ramon Ledesma.

Nesta quarta-feira, pela manhã, serão realizadas duas palestras: com José Vicente de Freitas, sobre "O cuidado como estratégia pedagógica: os desafios e oportunidades de um mundo em transição", e com José Pacheco, que vem de Portugal para palestrar sobre "Uma escola diferente: práticas escolares transformadoras da vida e do mundo". À tarde, ocorrem as oficinas no Câmpus da Fahor e, à noite, palestra com Regina Schudo, sobre "Como promover a aprendizagem e elevar o IDEB, mantendo a excelência educacional". A noite terá fim com a apresentação de Jairo Klein, com a peça "Fernando Pessoa em pessoa".

A programação completa pode ser conferida no portal fahor.com.br/jornada2016.


Fonte: Comunicação Prefeitura Horizontina
Postado por Lucas Mumbach

Aplicativo

Para instalar no Android, ative a opção para instalação de aplicativos de fontes desconhecidas.

Os aplicativos são disponibilizados por CICLANOHOST


Facebook


Twitter