Gás de cozinha sobe de R$ 0,50 a R$ 2,04 no Rio Grande do Sul


O preço do gás de cozinha teve seu primeiro aumento no ano, em vigor desde esta terça-feira. As distribuidoras de gás liquefeito do petróleo (glp) em botijões comunicaram seus revendedores que reajustaram o valor do botijão de 13 kg entre R$ 0,50 e R$ 2,04, dependendo da região do Rio Grande do Sul.

A justificativa foi o aumento do preço de pauta do ICMS, fixado pela secretaria da Fazenda, e o aumento do preço médio ponderado, explicou o presidente do Sindicato dos Revendedores de Gases em Geral do RS (Singasul), Ronaldo Tonet. As embalagens industriais de 20 kg e 45 kg também sofrerão aumentam que variam entre R$ 5,00 e R$ 12,00.

Levantamento feito pelo Singasul entre seus associados constatou que a maioria dos 5.570 revendedores de glp no Estado já foi comunicada da majoração pelas distribuidoras. Segundo Tonet o mercado é livre para alterar os preços. Os revendedores, adiantou, deverão repassar ao longo da semana os aumentos das distribuidoras aos consumidores.

O aumento do ICMS em vigor desde o primeiro dia de 2016 no RS incidiu sobre os combustíveis, exceto o gás de cozinha - sua alíquota permaneceu em 12%. No Estado, de acordo com pesquisa da Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) em 443 revendas, o preço médio do botijão de 13 quilos ao consumidor era de R$ 54,31 na semana passada (valor sem a taxa de entrega). Esse custo resultou da variação entre o mínimo de R$ 39,95 e o máximo de R$ 68,00. 


Fonte: Correio do Povo
Postado por Lucas Mumbach

Aplicativo

Para instalar no Android, ative a opção para instalação de aplicativos de fontes desconhecidas.

Os aplicativos são disponibilizados por CICLANOHOST


Facebook


Twitter