Ferrugem asiática é detectada em lavouras da região Noroeste


Em vistoria a lavouras de soja da região Noroeste, os técnicos da Rota Agrícola/Rural Mais Agronegócios detectaram a presença de ferrugem asiática. A incidência é maior se comparada ao mesmo período do ano passado e ocorre em lavouras plantadas no início do mês de outubro.

Neste estágio da planta, a ferrugem asiática pode causar muitos prejuízos. "O principal dano que a ferrugem causa às plantas de soja é a perda da área foliar, que consequentemente afeta a formação de vagens e enchimento de grãos", explica o engenheiro agrônomo Júlio Müller.

No entanto, conforme o profissional, o clima atual - com chuvas bem distribuídas, longos períodos de molhamento e temperaturas entre 18°C e 28°C - é favorável para o desenvolvimento da doença, o que também pode levar a incidência de ferrugem nas lavouras plantadas em novembro. "Dependendo da época de plantio, ciclo da cultivar e essas condições climáticas para o desenvolvimento do fungo, as perdas na produtividade podem variar de 10% a 80%."

Por isso, os produtores devem ficar atentos e solicitar uma visita dos técnicos para o controle preventivo da ferrugem asiática. "Depois de instalada na planta, a doença é muito agressiva. Neste momento, aplicações preventivas, correta utilização de ativos, como também o intervalo certo entre as aplicações, podem ajudar no controle da ferrugem. Devemos fazer aplicações preventivas, usando produtos que tenham alta eficiência no controle da ferrugem", explica o engenheiro agrônomo Júlio Müller.

A ferrugem asiática
Entre os principais fatores que limitam as altas produtividades na soja há as doenças, causadas por fungos, bactérias, nematoides e vírus. Uma das principais causadoras de perdas na cultura da soja é a ferrugem asiática (Phakopsora pachyrhizi). Para sua reprodução, este fungo necessita de um hospedeiro e sua disseminação se dá através das correntes de ar. Por isto é um fungo chamado de biotrófico. Depois da planta infectada, o fungo forma pústulas na parte inferior das folhas, destas pústulas saem os uredosporos, que são as estruturas responsáveis pela proliferação da ferrugem.


Fonte: DM Comunicação
Postado por Lucas Mumbach

Aplicativo

Para instalar no Android, ative a opção para instalação de aplicativos de fontes desconhecidas.

Os aplicativos são disponibilizados por CICLANOHOST


Facebook


Twitter