Empresário Nelsinho Maya revelou que nenhum músico da banda Safira de Santo Cristo teve participação em crime na cidade de Santa Rita - Paraguai


O empresário Nelsinho Maya, revelou que nenhum músico da banda Safira de Santo Cristo, teve participação no crime em que foi morta a jovem Jéssica Lovatto de Oliveira, 19 anos, encontrada na madrugada do dia 8 de maio na tubulação pluvial da cidade de Santa Rita - Paraguai. Ele salientou que a banda está sendo acusada injustamente e que a inocência será provada. Nelsinho salientou que um ex-namorado da jovem foi preso e está sendo apontado como principal suspeito do crime. Quanto ao sistema de imagem, Nelsinho reconhece que um dos músicos chegou falar com a moça que foi até os fundos do palco, porém em seguida ela teria ido embora. A jovem Jéssica Lovatto de Oliveira era brasileira, mas residia na cidade de Santa Rita - Paraguai. O laudo pericial apresentou que a jovem havia sofrido uma fratura do colo do útero, apresentava sinais de abuso sexual e foi morta por estrangulamento (asfixia).
A Banda Safira, foi contratada para animar uma feira durante três dias.

Aplicativo

Para instalar no Android, ative a opção para instalação de aplicativos de fontes desconhecidas.

Os aplicativos são disponibilizados por CICLANOHOST


Facebook


Twitter