Cursos de formação de professores nas áreas de engenharia e de saúde vão ter prioridade na segunda edição de 2015 do FIES


A oferta vai ser de aproximadamente 61 mil novos contratos. Vão ter prioridade também os cursos de maior qualidade - com notas cinco e quatro, com base nos conceitos de curso - e as regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste, com exceção do Distrito Federal. A prioridade não vai excluir vagas em cursos de outras áreas de formação nas regiões Sul, Sudeste e Distrito Federal. O MEC vai ter desconto de cinco por cento nas mensalidades financiadas pelo FIES. Os juros são de seis e meio por cento financiados pelo governo Federal.

Aplicativo

Para instalar no Android, ative a opção para instalação de aplicativos de fontes desconhecidas.

Os aplicativos são disponibilizados por CICLANOHOST


Facebook


Twitter