Cotrimaio estimula permanência do jovem no meio rural


A sucessão familiar com a permanência dos jovens no meio rural é um dos temas que a COTRIMAIO vem trabalhando junto aos seus associados. O presidente Silceu Dalberto diz ser esta uma preocupação da cooperativa, pois hoje a população não está tendo a renovação necessária para garantir o crescimento das propriedades e isto por conseqüência reflete na economia regional.
"Precisamos da energia da juventude aliada a experiência de vida de quem atua na agricultura, para que possamos nos adequar aos novos desafios e com esta união de forças construir um futuro próspero na atividade agrícola", diz ele.  Silceu Dalberto reforça ser necessário que o jovem ocupe seus espaços de liderança, promovendo inovações no meio rural e também fortalecendo o cooperativismo, acompanhando assim o crescimento do agronegócio no país.
Ele entende que esta sucessão precisa acontecer de forma consensuada entre as gerações, visando alcançar os resultados almejados por todos os envolvidos no processo. Para isso a cooperativa tem despertado o tema e percebido que muitos jovens têm a vontade de construir um futuro promissor no meio rural.
Jovens de famílias associadas da COTRIMAIO são exemplos de que é possível permanecer na propriedade e gerar renda, construindo uma sucessão familiar planejada com participação ativa nas decisões que envolvem adoção de tecnologias, investimentos e organização das atividades.
Em esquina Pértile - Três de Maio, Juliano Roberti, 22 anos, com formação técnica em agropecuária aposta na produção leiteira na propriedade de 40 hectares da família. Com 25 animais em lactação destina cerca de 8 ha para a produção de silagem e pastagens, garantindo renda. Participando desde criança das atividades da propriedade Juliano Roberti diz que o importante é ter qualificação e contar com o apoio da família para implantar melhorias e tornar a atividade no meio rural rentável. "A assistência veterinária da COTRIMAIO foi decisiva para apostarmos no leite", reforça, destacando que com isso se reduziu a perda de animais e o incremento de produção.
Andressa Werner de Vista Alegre - Sede Nova divide os horários destinados ao estudo com o manejo do rebanho composto por 58 vacas em lactação na propriedade. Quando concluir o ensino médio, pretende buscar uma formação acadêmica em veterinária e aplicar os conhecimentos na granja da família que destina cerca de seis hectares para o leite. Com uma produção de 1.400 litros/dia, os pais de Andressa fizeram recentemente um investimento no sistema 'composta Baron', visando o bem estar animal.
Estas propriedades contam com a assistência  da médica veterinária da COTRIMAIO, Mirtes Rosa da Silva, que tem percebido um envolvimento dos jovens principalmente na atividade leiteira. Ela destaca que estes são alguns exemplos de percepção de futuro no meio rural, garantindo assim a sucessão na administração da propriedade.
O presidente Silceu Dalberto, destaca que a COTRIMAIO disponibiliza as famílias associadas uma equipe técnica composta por mais de sessenta profissionais com especialização em diferentes áreas que prestam assistência técnica gratuita e contribuir na implantação de novas tecnologias e modernização das propriedades.

Aplicativo

Para instalar no Android, ative a opção para instalação de aplicativos de fontes desconhecidas.

Os aplicativos são disponibilizados por CICLANOHOST


Facebook


Twitter