1ª Clínica Tecnológica do Pisa é realizada em São José do Inhacorá


A propriedade do casal Glaci e Genésio Klein, da localidade de Linha Usina, interior de São José do Inhacorá, sediou a 1ª Clínica Tecnológica do projeto Produção Integrada de Sistemas Agropecuários em Micro Bacias Hidrográficas na região Fronteira Noroeste' (PISA-FN), no dia 18 de setembro. 

O projeto Pisa faz parte do Programa Juntos para Competir, o qual foi criado em meados de 2009, a fim de organizar e desenvolver as principais cadeias produtivas do Rio Grande do Sul, através da capacitação e de uma maior integração do setor, melhorando a qualidade dos produtos e agregando valor à produção agropecuária. 

Cerca de 15 famílias que participam do programa ouviram, atentos, às explicações do consultor técnico do programa, Jeferson Eidt, e do técnico Felipe Philippsen. Acompanharam também o encontro o supervisor regional do Senar-RS, Diego Coimbra, e o consultor do programa, Marcelino Colla, além do secretário municipal do agronegócio e meio ambiente, Altair Dill, o assessor de gabinete, Romeu Wolfart, e o extensionista da Emater/RS-Ascar, Adelar Naressi.

Marcelino Collla frisou na abertura que o desafio do grupo de produtores é produzir mais gastando menos. "É preciso se atualizar e buscar informações. E isto é o que estamos fazendo aqui hoje."

Das 18 propriedades inhacorenses que participam do programa, a dos Klein foi escolhida como uma Unidade de Difusão Tecnológica (UDT), ou seja, uma propriedade modelo. A UDT recebe, a cada dois meses, a visita dos consultores e técnicos. E as propriedades participantes também são visitadas a cada dois meses. 

Sobre a propriedade
A família Klein trabalha há cinco anos com a atividade leiteira na propriedade. Nos seis hectares de área útil, possui 23 animais, sendo 12 em lactação. A média de produção é de 250 litros de leite diários. Como o programa, segundo o técnico Felipe, é focado em manejo de pasto, Genésio relatou que no último mês o consumo de silagem pelas vacas caiu pela metade. 

O que é o Juntos para Competir?
De iniciativa do Senar-RS, Sebrae e Farsul, o programa tem como público-alvo os produtores e trabalhadores rurais. O supervisor regional do Senar-RS, Diego da Silva Coimbra, explica que a metodologia utilizada é por meio da participação em grupos de trabalho. São traçadas as metas desejadas e desenvolvidos os planos anuais de atividades. "As ações são realizadas em conjunto pelas entidades que promovem o programa, com a participação de parceiros locais que estejam envolvidos no desenvolvimento dos setores trabalhados. As ações desenvolvidas são relativas à tecnologia de produção e industrialização, ao acesso a mercados e à gestão."

Neste ano, Pisa atende 136 propriedades rurais. Na região, são 56
Segundo Coimbra, o projeto Pisa trabalha especificamente em processos de melhoria na produção de gado leiteiro e gado de corte. Os produtores recebem consultorias, participam de palestras, cursos, viagens técnicas e são desafiados a adotar novas técnicas de manejo de pastagens e gestão de suas propriedades.

Neste ano, iniciou a metodologia do Pisa, envolvendo seis municípios, que será oferecido até o final de 2020, envolvendo 17 propriedades rurais em Independência, uma propriedade em Três de Maio, 20 propriedades em Alegria, 18 propriedades em São José do Inhacorá, 21 propriedades em Nova Candelária, 24 propriedades em Tenente Portela e 35 propriedades em Vista Gaúcha, totalizando 136 propriedades. 

Na região, o programa Juntos para Competir iniciou em 2015, quando proporcionou para produtores de leite de Independência, Três de Maio, Alegria e São José do Inhacorá que participassem de uma formação completa em bovinocultura de leite. Foi disponibilizado o projeto Leitec, do Senar-RS, que envolveu 120 horas de aulas presenciais e consultorias nas propriedades.

Além do Senar-RS, Sebrae-RS, Farsul e Sindicatos Rurais de Três de Maio, Crissiumal e Tenente Portela, envolvem-se no programa as prefeituras de São José do Inhacorá, Alegria, Nova Candelária, Vista Gaúcha, Tenente Portela, Vista Gaúcha e Independência, além dos escritórios municipais da Emater. 

  
Texto e fotos: Jaqueline Peripolli/Jornalista Sindicato Rural de Três de Maio

Aplicativo

Para instalar no Android, ative a opção para instalação de aplicativos de fontes desconhecidas.

Os aplicativos são disponibilizados por CICLANOHOST


Facebook


Twitter