Mais de mil pessoas discutiram alternativas para saúde física e mental no Fórum pela Vida em Cândido Godói


Com foco na educação e promoção da saúde, em um contexto de defesa de garantias e direitos, a programação do 16º Fórum pela Vida motivou a participação de mais de mil pessoas, de 19 municípios do Noroeste, nesta terça-feira (05/09), em Cândido Godói. A recepção no pórtico de entrada pela comitiva acompanhada das mascotes do município, gêmeas Hilga e Helga, já revelava o perfil acolhedor do município anfitrião desta edição do evento itinerante, que teve como lema "Vida, que te quero Viva", e contemplou oficinas e palestras relacionadas à saúde física e mental.  

Até mesmo os detalhes e o colorido das flores que ornamentaram o salão paroquial tornaram-se um convite à alegria, em uma programação com foco no combate à depressão.

Na abertura oficial do evento, o gerente regional da Emater/RS-Ascar, Ademir Renato Nedel, reiterou a importância da parceria com a Administração Municipal e outros apoiadores para a realização de eventos desta envergadura, disseminando informações importantes para a população regional. Já o prefeito de Cândido Godói, Valdi Luis Goldschmidt, destacou que "a dimensão deste evento mostra a necessidade e a vontade que a população tem de discutir alternativas para a qualidade de vida, para uma vida mais digna e feliz".

Na palestra intitulada "Depressão, vamos conversar?", a médica Elisabeth Maria Vieira, que trabalhou em Alagoas e nos municípios gaúchos de Santa Maria e Tuparendi, enfatizou sua preocupação com o alto índice de pessoas que fazem uso de medicamentos antidepressivos. Ela destacou causas, sintomas, prevenção e tratamento, assim como a relação dos agrotóxicos com o sistema neurológico.

A psicóloga do Núcleo de Assistência à Saúde da Família (NASF), Maristela Peixoto, e o supervisor de saúde, Claudir Sturmer, apresentaram o relato da realidade local a partir do Censo Municipal da Saúde, chamando mais uma vez a atenção, para a presença de três antidepressivos na listagem dos 10 medicamentos mais utilizados pela população.

A disseminação e o aproveitamento da crotalária no controle de vetores foi o tema da abordagem do extensionista da Emater/RS-Ascar, de Cândido Godói, Elton Luis Naumann.

À tarde, foi a vez de acompanhar as oficinas sobre sublimidade da vida, conduzida pelo Padre Valcir Puhl e plantas na energização da vida, conduzida pelo assistente técnico regional (ATR) da Emater/RS-Ascar, Jorge Lunardi. O preparo e os benefícios das águas aromatizadas com plantas foram apresentadas pela ATR da Emater/RS-Ascar Lisete Primaz. Na oportunidade, o indígena Indjaré, morador de Cândido Godói, compartilhou informações sobre sua cultura. Já a oficina "Alegria: essência da vida", foi coordenada por Claudir Sturmer.

Ao final do evento, os participantes tiveram a oportunidade de levar para suas casas mudas de plantas bioativas e sementes de crotalária, podendo assim, colocar em prática parte do conhecimento construído ao longo da programação.

O 16º Fórum pela Vida é uma promoção da Emater/RS-Ascar, com envolvimento direto da equipe municipal de Cândido Godói e de integrantes da equipe regional, e da Prefeitura de Cândido Godói, com o apoio da Associação Comercial e Industrial (ACI), Associação Municipal das Mulheres Rurais (AMMUR), Câmara de Vereadores, Igrejas Ecumênicas, Instituto Estadual de Educação Cristo Redentor, Paróquia Nossa Senhora das Dores, Pastoral da Criança, Pastoral da Saúde, Rádio Gêmeos, secretarias municipais e Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Cândido Godói.

Nas Missões, o Fórum pela Vida será realizado no dia 04 de outubro, no salão de eventos da APAE de Santo Antônio das Missões. O tema central serão as plantas e sua relação com a vida. Outras informações pelo fone (55) 3367-1376.


Assessoria de Imprensa da Emater/RS-Ascar - Regional Santa Rosa
Deise A. Froelich

Aplicativo

Para instalar no Android, ative a opção para instalação de aplicativos de fontes desconhecidas.

Os aplicativos são disponibilizados por CICLANOHOST


Facebook


Twitter