Instituto Visconde de Cairu, de Santa Rosa, recebe R$ 660 mil em melhorias


Três obras prioritárias do Instituto de Educação Visconde de Cairu, em Santa Rosa, na região da Fronteira Noroeste, saíram do papel entre os anos de 2015 e 2017. Para isso, foram investidos cerca de R$ 660 mil, resultando na reforma de banheiros, cercamento de parte do terreno, substituição na rede elétrica e nas calçadas, colocação de corrimãos em todas as escadas externas, substituição de parte do telhado das passarelas, reforma da área coberta, construção de um palco para apresentações dos alunos e reforma da rede elétrica da quadra de esportes.
O prédio foi construído há cerca de quatro décadas e nunca havia passado por uma grande reforma. Com isso, segundo a diretora Vera Lourdes Brum, problemas foram surgindo ao longo dos anos.
"Tivemos, durante um ano e meio, um pavilhão interditado, pois as paredes davam choque. Esse problema foi solucionado com a reforma da rede elétrica", contou a diretora, que está no cargo desde 2012.
A obra mais recente foi a construção do palco e a reforma dos banheiros da ala administrativa e das calçadas, com instalação de piso tátil e corrimão nas escadas. As intervenções custaram R$ 120 mil e foram custeadas com recursos de um empréstimo tomado pelo governo do Estado junto ao Banco Mundial (Bird).
O estabelecimento de ensino também recebeu investimentos em mobiliários e equipamentos. Foram 30 netbooks educacionais e 280 conjuntos de mesas e cadeiras para alunos.
O Instituto de Educação Visconde de Cairu tem cerca de 800 alunos, distribuídos entre Educação Infantil, Ensino Fundamental e Médio, Curso Normal e Curso técnico em Publicidade.
Investimentos em todo o Estado
Quando se fala em investimento em obras e equipamentos, o Instituto de Educação Visconde de Cairu não é uma exceção. Em todo o estado, 400 prédios escolares estão com obras em andamento ou recentemente concluídas, em um investimento de R$ 97 milhões.
Outros R$ 35 milhões foram aplicados na compra de 80 mil conjuntos de mesas e cadeiras para alunos e professores, além de mobiliários e equipamentos para salas de aula, áreas administrativas e cozinhas. Do montante, R$ 20 mil advém de um convênio firmado entre o governo do Estado e o FNDE. Outros R$ 15 milhões são oriundos da Consulta Popular.
Em junho deste ano, mais 295 escolas foram habilitadas a receber recursos a serem aplicados em melhorias na infraestrutura para melhor atender aos alunos da rede de ensino do Rio Grande do Sul. Serão R$ 38,9 milhões em investimentos para reformas e pequenas ampliações com a renovação de empréstimo regulamentado com o Bird.

O Instituto de Educação Visconde de Cairu
800 alunos;
Educação Infantil, Ensino Fundamental e Médio, Curso Normal e Curso técnico em Publicidade;
O terreno tem três hectares, com oito pavilhões de alvenaria construídos;
R$ 120 mil aplicados na construção do palco, reforma dos banheiros da ala administrativa e das calçadas, com instalação de piso tátil e corrimão nas escadas;
280 conjuntos de mesas e cadeiras para alunos e professores e 30 netbooks educacionais recebidos.


Texto: Ascom Seduc

Aplicativo

Para instalar no Android, ative a opção para instalação de aplicativos de fontes desconhecidas.

Os aplicativos são disponibilizados por CICLANOHOST


Facebook


Twitter