Energia trifásica é incluída como prioridade na Consulta Popular em 19 de 28 Coredes


As audiências públicas da Consulta Popular 2017-2018, votação que define as prioridades da população voltadas para o desenvolvimento regional, já começaram nas regiões dos 28 Conselhos Regionais de Desenvolvimento (Coredes). Ao todo, serão distribuídos R$ 60 milhões, R$ 10 milhões a mais que no ano anterior. Os gaúchos terão três dias para votar nas principais demandas das áreas de Saúde; Desenvolvimento Rural e Cooperativismo; Agricultura, Pecuária e Irrigação; Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia; Turismo, Esporte e Lazer; Cultura; Minas e Energia, Educação e Segurança Pública.

Entre as demandas incluídas nas prioridades que serão discutidas durante as audiências públicas, está a ampliação da rede trifásica no campo, levando energia aos produtores da agricultura familiar. Para o secretário de Minas e Energia, Artur Lemos Júnior, o investimento na rede de energia trifásica tem um retorno rápido. "Ao aumentar a potência energética de uma região o Estado possibilita que o produtor receba mais e aumente a arrecadação do município", falou.

Dos 28 Coredes, 19 incluíram a energia trifásica como prioridade da região. São eles: Alto Da Serra Do Botucaraí, Campanha, Celeiro, Central, Centro-sul, Fronteira Noroeste, Jacuí Centro, Litoral, Missões, Nordeste, Noroeste Colonial, Norte, Paranhana Encosta da Serra, Produção, Rio da Várzea, Serra, Vale Do Jaguari, Vale do Rio Pardo e Vale do Taquari.

O coordenador do projeto na Secretaria de Minas e Energia (SME), Eduardo Zimmermann, explica que a inclusão da demanda foi verificada durante as reuniões de planejamento da Consulta Popular. "A melhoria na infraestrutura de energia está presente no planejamento dos municípios. É um anseio das comunidades que poderá ser contemplado na votação. As audiências públicas vão definir quais os 10 projetos que integrarão a cédula de votação", explicou.

O horário e o local da Audiência Pública das regiões estão disponíveis no portal oficial da Consulta Popular (http://www.consultapopular.rs.gov.br). Lá também é possível encontrar as informações das assembleias municipais e dos fóruns regionais.

Na Consulta Popular 2016/2017, a ampliação da rede trifásica para a agricultura familiar foi escolhida, no processo de votação, pelos Coredes Serra e Hortênsias. Os recursos (R$ 894.088,48) beneficiaram as cidades de Canela (R$ 224.300,90), Caxias do Sul (R$ 333.524,90), Nova Petrópolis (R$ 98.131,64), São Francisco de Paula (R$ 98.131,64) e São Marcos (R$ 140.000,90).
Sobre a votação
A votação da Consulta Popular 2017-2018 ocorre nos dias 1º, 2 e 3 de agosto em todo o estado, por meio de voto secreto. Estão habilitados a votar apenas os eleitores com domicílio eleitoral no Rio Grande do Sul, que poderão escolher apenas um dos Programas ou Ações constantes da cédula de votação.

Há três formas de votação: pelo site da Consulta Popular; presencialmente, por um aplicativo disponibilizado a representantes dos Coredes e dos Comudes; ou via SMS, para o número 29000, com a palavra RSVOTO(Nº do título de eleitor)(Nº do programa, de 1 a 10).

Na votação on-line e nos pontos de votação é necessário o número do título de eleitor. Caso o eleitor não o tenha à mão, o ambiente de votação na internet permitirá pesquisa diretamente no Tribunal Superior Eleitoral (TSE).


Texto: Ascom SME

Aplicativo

Para instalar no Android, ative a opção para instalação de aplicativos de fontes desconhecidas.

Os aplicativos são disponibilizados por CICLANOHOST


Facebook


Twitter