Voo entre Porto Alegre e Santo Ângelo reforça rotas nos aeroportos regionais


Mais um voo regional teve início nesta segunda-feira (3) no Rio Grande do Sul. A linha Porto Alegre/Santo Ângelo, operada pela Azul Linhas Aéreas, decolou nesta tarde, às 14h28. A aeronave com 70 passageiros saiu do Aeroporto Salgado Filho, na capital, com destino ao Aeroporto Sepé Tiaraju, em Santo Ângelo, na região das Missões. O voo inaugural contou com a presença do governador José Ivo Sartori, de autoridades municipais, estaduais e federais, e de passageiros que utilizam a rota para o deslocamento dos cerca de 440 quilômetros, com duração aproximada de 1h15.

A operação do voo é mais um resultado do Programa Estadual de Desenvolvimento da Aviação Regional (PDAR-RS), que promove o desenvolvimento econômico, social e turístico com a ampliação das rotas de voos regulares nos aeroportos regionais. Os voos da Azul saem de Porto Alegre às 14h28 e a chegada em Santo Ângelo é prevista para as 15h45. O retorno para a capital será às 16h10, com pouso previsto para as 17h26.
Na chegada do voo no Aeroporto Sepé Tiaraju houve a tradicional cerimônia de batismo da aeronave. Ao desembarcar em Santo Ângelo, o governador destacou a conquista da região das Missões com essa operação que é resultado da mobilização da comunidade e do trabalho de governos, lideranças, gestores e empresários. "É uma nova etapa de desenvolvimento, com base na integração regional. Essa retomada dos voos aqui no Aeroporto Sepé Tiaraju facilita o acesso ao transporte aéreo e encurta distâncias. Garante mais competitividade na atração de novos investimentos, potencializa a inovação, o desenvolvimento industrial e o turismo", salientou Sartori.

Para o secretário dos Transportes, Pedro Westphalen, este é um momento muito importante para a economia e o turismo do Rio Grande do Sul. "Hoje estamos entregando ao povo gaúcho mais um serviço de alta qualidade, de integração nacional e estadual, e de incentivo ao turismo e ao desenvolvimento do nosso Estado", afirmou.
O secretário nacional da Aviação Civil, Dario Lopes, falou que o papel do governo Federal é "disponibilizar recursos para melhorar a infraestrutura dos aeroportos". Lopes também confirmou investimentos de R$ 120 milhões para ampliação e modernização dos aeroportos de Passo Fundo, Santo Ângelo e Caxias do Sul. "Precisamos trabalhar em conjunto, governo federal, estadual e municípios, para dar melhores condições de mobilidade às pessoas, porque isso gera emprego e renda", afirmou. 
O prefeito de Santo Ângelo, Jacques Barbosa, disse que esse é um dia especial para o município e a região, e que os voos vão beneficiar a cidade que é reconhecida por seu polo educacional e referência no turismo. "Esta é uma grande oportunidade e o aeroporto é fundamental", acrescentou.

O presidente da Azul Linhas Aéreas, Ronaldo Veras, destacou a união e a dedicação de todos para que este voo tivesse início e afirmou que será um "novo momento para o município".

Aeroporto Sepé Tiaraju

Os voos regulares estavam paralisados desde 2010. Em maio de 2016, as obras da pista do aeroporto de Santo Ângelo foram entregues. A obra de reforço do pavimento da pista teve investimento de R$ 6 milhões, com recursos do Estado e da União, por meio do Programa Federal de Auxílio a Aeroportos (Profaa). Com 30 metros de largura e extensão de 1.615 metros, a pista está apta a receber aeronaves que compõem a frota das principais empresas brasileiras de aviação.

A gestão do Aeroporto Sepé Tiaraju é compartilhada entre o governo do Estado, por meio da Secretaria dos Transportes e do Departamento Aeroportuário (DAP), e a prefeitura de Santo Ângelo.
Durante a cerimônia, houve o descerramento de duas placas. Uma dá o nome de Adroaldo Loureiro, figura pública reconhecida em nível municipal e estadual, ao terminal de passageiros. A outra placa é de agradecimento a todas os poderes, instituições, entidades e comunidade que contribuíram para a retomada dos voos entre Porto Alegre e Santo Ângelo.
Aumento de rotas

O Programa Estadual de Desenvolvimento da Aviação Regional (PDAR-RS) foi instituído pelo decreto n° 52.607, de 16 de outubro de 2015, e tem como objetivo fomentar a oferta de mais rotas com a isenção no ICMS da querosene. A meta é que todos os municípios tenham um aeroporto operando voos regulares num raio de até 180 quilômetros. O primeiro voo por meio do incentivo do PDAR-RS aconteceu em 2015, entre Porto Alegre e Uruguaiana. Além deste, o Rio Grande do Sul conta com voos regionais para Caxias do Sul, Pelotas, Santa Maria e Passo Fundo.
Também estiveram no voo, o secretário da Cultura, Turismo, Esporte e Lazer, Victor Hugo; o presidente da Fiergs, Heitor José Müller; os deputados estaduais Frederico Antunes, Eduardo Loureiro e Gabriel Souza; o ministro do Tribunal de Contas da União, João Augusto Nardes; os deputados federais Cajar Onesimo Ribeiro Nardes e Tarcísio Perondi; e o ex-prefeito de Santo Ângelo, Valdir Andres.

Aplicativo

Para instalar no Android, ative a opção para instalação de aplicativos de fontes desconhecidas.

Os aplicativos são disponibilizados por CICLANOHOST


Facebook


Twitter