Produção leiteira - Manejar as pastagens de inverno é fundamental


A disponibilidade de pastagens em quantidade e qualidade do pasto é considerada uma grande vantagem competitiva que nós temos frente a outras regiões produtoras de leite e a outros países. Para obtermos resultados satisfatórios, com menor custo de produção, precisamos manejar corretamente os pastos, obtendo-se assim maiores volumes e forrageiras de qualidade. Para isso, precisamos também, manejar bem o solo, fazendo as devidas correções e boa adubação.
Segundo a equipe do setor leite da Cotrimaio na nossa região, o que mais se destacam são os azevém tetraploides e a aveia fapa 43, que tem uma grande produção de massa seca com alto teor de proteína. A aveia Fapa43 semeada em consórcio com o azevém Baqueano (tetraploide), produz uma pastagem de excelente qualidade, além de ter uma maior longevidade do pasto , que pode durar de 30 a 45 dias a mais  produzindo pasto na entrada do verão.
A pecuária leiteira atravessou nestes últimos dias por um período crítico onde ocorreu muita chuva, fazendo com que as pastagens que estavam prontas para o pastoreio, fossem deixadas para quando o tempo melhorasse ou foram mesmo assim pastoreadas pelos animais, com perdas significativas. Ocorreram o amassamento das plantas, a compactação do solo e o arranque das plantas. Com a falta do sol, as plantas cresceram menos e produziram menos massa verde.
Como a chuva deu uma trégua e o sol voltou a brilhar, devemos de agora em diante, seguir utilizando estas pastagens e evidentemente manejá-las de acordo com seu ponto de crescimento e talvez, nas áreas mais afetadas pelo pisoteio dos animais, fazer novamente uma semeadura do Azevém Baqueano, que poderá nos dar alimento para o gado leiteiro até final do mês de outubro. Também como lembrete, com o excesso de chuvas, muito dos nutrientes das pastagens, foram levados pela água. Assim, é importante que se faça uma adubação corretiva, usando mais um pouco de adubo, cloreto e uréia, sempre colocando em quantidade necessária após cada pastoreio.
Com o fornecimento das pastagens de inverno, principalmente com o uso do azevém, e a aveia fapa 43, que tem elevado teor de proteína, o produtor de leite, poderá fornecer aos animais, neste período, rações com menor teor de proteína, fazendo assim com que haja o barateamento do custo de produção. Para maiores esclarecimentos consulte os técnicos da Cotrimaio ou profissionais que atuam na atividade leiteira.



Fonte: Jorge Medina - Assessor de Comunicação da Cotrimaio

Aplicativo

Para instalar no Android, ative a opção para instalação de aplicativos de fontes desconhecidas.

Os aplicativos são disponibilizados por CICLANOHOST


Facebook


Twitter