Sema reúne prefeitos dos municípios da Rota do Yucumã nesta sexta-feira


A secretária do Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Sema), Ana Pellini, reúne nesta sexta-feira (26), na sede do Parque Estadual do Turvo, no município de Derrubadas, os prefeitos dos municípios que integram a Rota de Yucumã para apresentar os esforços da Sema por uma solução diante do conflito entre a geração de energia elétrica e a atividade de turismo, vinculada ao Salto de Yucumã, localizado no Rio Uruguai, entre o Rio Grande do Sul e o Uruguai e entre o Rio Grande do Sul e a Argentina, com acesso pelo Parque Estadual do Turvo.

Pellini explica que a reunião com os prefeitos da região serve para discutir as aspirações das municipalidades que serão apresentadas na negociação com a Agência Nacional de Águas (ANA), salientando que desde agosto de 2015, a Sema apresenta demandas junto ao Conselho Nacional de Recursos Hídricos (CNRH), a Agência Nacional de Águas (ANA) e ao Operador Nacional do Sistema (ONS) para a apresentação do conflito e uma solução institucional sólida. O resultado desta atuação será expresso em uma resolução da ANA, na qual estarão definidas as regras de geração de energia dentro dos limites possíveis. 

O diretor do Departamento de Recursos Hídricos da Sema, Fernando Meirelles, explica que entre as possibilidades a serem avaliadas está a alteração da operação de Foz do Chapecó em algumas horas, em períodos específicos de maior interesse turístico, como os finais de semana e manter um sistema de comunicação das regras de operação da Usina de forma a propiciar um conhecimento prévio das condições de visibilidade esperada para atender ao planejamento do turismo. Desse modo, caberia à secretaria avaliar o horário de funcionamento do Parque Estadual do Turvo de acordo com a visibilidade do Salto.

Meirelles acrescenta que o sistema de geração de energia elétrica instalado no Rio Uruguai não permite a reserva de água em muitas das usinas. Assim, não há como esperar que a Foz do Chapecó tenha capacidade de manter a visibilidade do Salto de forma permanente ou que seja possível manejar a geração de energia elétrica para atender de forma imediata ou não programada uma demanda do turismo. Atualmente o Salto fica submerso durante boa parte do inverno e na ocorrência de chuvas intensas e as barragens instaladas não têm capacidade de alterar isso.

A Rota do Yucumã é composta por 33 municípios: Ajuricaba, Augusto Pestana, Barra do Guarita, Bom Progresso, Bozano, Braga, Campo Novo, Catuípe, Chiapetta, Condor, Coronel Barros, Coronel Bicaco, Crissiumal, Derrubadas, Esperança do Sul, Humaitá, Ijuí, Inhacorá, Jóia, Miraguaí, Nova Ramada, Palmeira das Missões, Panambi, Pejuçara, Redentora, Santo Augusto, São Martinho, São Valério do Sul, Sede Nova, Tenente Portela, Tiradentes do Sul, Três Passos e Vista Gaúcha.  

Texto: Catarina Gomes/ Ascom

Aplicativo

Para instalar no Android, ative a opção para instalação de aplicativos de fontes desconhecidas.

Os aplicativos são disponibilizados por CICLANOHOST


Facebook


Twitter