Nota Fiscal Gaúcha amplia premiações e repasses a entidades sociais


Para estimular a adesão das pessoas e, ao mesmo tempo, permitir que um número maior de entidades receba o apoio com verbas estaduais, o governador José Ivo Sartori e o secretário da Fazenda, Giovani Feltes, apresentam hoje (1º) algumas novidades que a NFG terá ao longo de 2017. A principal delas está no aumento do valor tanto dos prêmios aos contribuintes como do volume de recursos que será disponibilizado às entidades cadastradas. Serão R$ 15 milhões divididos de maneira igual para as três áreas de atuação das entidades. Nos últimos dois anos, o montante disponibilizado foi de R$ 8 milhões por exercício.

Além de mais recursos, as mudanças permitirão que mais organizações tenham chance de serem contempladas, conforme a pontuação alcançada em cada trimestre a partir da indicação dos contribuintes. No segmento da saúde, da média de 97 entidades dos últimos dois anos, neste ano saltará para 224 instituições - desde prefeituras, hospitais e variados centros de recuperação. Já das 617 entidades da área da educação alcançadas com recursos via NFG até o ano passado, agora serão 1.250, enquanto o incremento no segmento do desenvolvimento social será de 352 para 600 entidades. 


Melhor atenção aos pacientes
 
As novidades da NFG para 2017 serão divulgadas durante visita do governador à sede da Associação de Assistência à Criança Deficiente (AACD) de Porto Alegre, às 15h. A instituição está entre as 242 organizações contempladas na área da saúde, sempre entre as pontuações mais elevadas, o que lhe rendeu R$ 190 mil nos últimos dois anos.
 
A AACD participa do programa desde 2013 e com os recursos foram adquiridos colchonetes, micro-ondas, televisores e persianas para a Sala de Convivência, espaço utilizado por pacientes e familiares para descanso, alimentação e espera. O refeitório utilizado pelos mais de 110 colaboradores também recebeu melhorias, como novas mesas, geladeiras e janelas.

Outro exemplo é o Instituto do Câncer Infantil do RS que teve repasses de R$ 93,2 mil entre 2015 e 2016. Conforme a gerente institucional do instituto, Valéria Foletto, o dinheiro foi destinado diretamente ao núcleo de atendimento dos pacientes, custeando medicação, exames especializados, alimentação e na qualificação profissional. "Investimento na nossa causa", resume ela. A entidade, situada em Porto Alegre, tem um cadastro com cerca de duas mil crianças e adolescentes atendidas de todas regiões do estado.

Com 1.262 entidades, a educação é o segmento com o maior número de instituições contempladas nos últimos dois anos. Um exemplo é o Instituto Estadual de Educação Érico Veríssimo, de Três Passos, que em 2015 e 2016 recebeu R$ 51.7 mil da NFG. O dinheiro foi aplicado em melhorias das instalações físicas da escola, que atende 1,1 mil estudantes. As obras envolveram reformas de salas de aula e dos banheiros, assim como a construção de passeios e uma cobertura na porta de entrada.
 
Com a participação de 1,382 milhão de pessoas, o programa gera pontos que são acumulados sempre que o consumidor solicitar a inclusão do seu CPF no documento fiscal no momento de suas compras em estabelecimentos participantes. Além de concorrer a prêmios em dinheiro a cada mês e auxiliar as entidades de sua escolha, o NFG gera ainda descontos de 2% a 5% no IPVA. Desde o seu início, o NFG já soma R$ 52,4 milhões em apoio às entidades sociais do RS. São 2.654 organizações que participam do programa.

Aplicativo

Para instalar no Android, ative a opção para instalação de aplicativos de fontes desconhecidas.

Os aplicativos são disponibilizados por CICLANOHOST


Facebook


Twitter