Rio Grande do Sul receberá cerca de R$ 5 milhões para combater o mosquito da Dengue


O Rio Grande do Sul vai contar com uma ajuda financeira extra para ajudar na luta contra o transmissor da Dengue, Zika e Chikungunya. Para intensificar as medidas de combate ao mosquito, o Ministério da Saúde vai repassar cerca de cinco milhões de reais aos municípios do estado.
De acordo com a Secretaria de Saúde, das quatrocentas e noventa e sete cidades que existem no Rio Grande do Sul, duzentas e onze estão em situação preocupante em relação à infestação do mosquito.Por isso, o dinheiro vai ajudar a fortalecer o combate ao transmissor, principalmente nas cidades que mais registraram casos das três doenças. É o que explica a chefe da Divisão de Vigilância Ambiental e Saúde da Secretaria Estadual de Saúde, Lúcia Mardini.
De acordo com o último levantamento feito pela Secretaria de Saúde, em 2016 foram confirmados cerca de dois mil e 400 casos de pessoas que tiveram Dengue no estado. Além disso, 70 pessoas tiveram Zika e outras quatro adoeceram com a Chikungunya, durante o ano. Apesar dos números, Lúcia Mardini lembra que o Rio Grande do Sul não teve, até o momento, grandes epidemias. Na avaliação da chefe da Divisão de Vigilância Ambiental e Saúde, isso faz com que a população se descuide na hora de acabar com os focos do mosquito. Por isso, Lúcia Mardini acredita que os municípios devem investir o dinheiro do Ministério da Saúde em duas ações fundamentais. A primeira delas é o fortalecimento do repasse de informação para o povo. A segunda é a capacitação dos agentes de saúde e endemias, que vistoriam os lares gaúchos diariamente para acabar com o mosquito.
O jeito mais fácil de evitar as doenças transmitidas pelo mosquito é não deixar água parada em casa. Mas se você tiver algum dos sintomas como febre alta, dor nas articulações, nas juntas dos pés e mãos, além de vermelhidão na pele, não se esqueça de procurar um médico.
Como os sintomas da Dengue, Zika e Chikungunya são parecidos, é muito importante receber a orientação de um profissional de saúde. Para saber mais sobre como você pode ajudar a combater o mosquito, acesse: saude.gov.br/combateaedes. Ministério da Saúde, Governo Federal.

Aplicativo

Para instalar no Android, ative a opção para instalação de aplicativos de fontes desconhecidas.

Os aplicativos são disponibilizados por CICLANOHOST


Facebook


Twitter