Terra defende fortalecimento das políticas de enfrentamento à dependência química em Congresso Internacional


O ministro do Desenvolvimento Social e Agrário, Osmar Terra, foi um dos palestrantes do Congresso Internacional Freemind 2016, na sexta-feira, em Campinas - São Paulo. O evento, que debateu formas de tratamento e prevenção às drogas lícitas e ilícitas, é um dos maiores do tipo no mundo./ Mais de duas mil pessoas de 242 cidades brasileiras e de 44 países participam do congresso. O ministro Osmar Terra alertou que o país vive uma epidemia de dependência química que tem um impacto considerável no aumento da violência e da pobreza. Terra defendeu que as políticas públicas de tratamento aos dependentes químicos e de combate ao tráfico sejam reforçadas, inclusive com o reconhecimento do papel das comunidades terapêuticas no tratamento dos dependentes. O ministro também criticou as propostas de descriminalização do consumo de drogas. Segundo ele, a liberação facilitaria o acesso das pessoas às drogas, aumentado os problemas decorrentes da dependência química, como a violência doméstica. O Congresso encerrou ontem  e contou com a participação de representantes da Organização das Nações Unidas, Organização Mundial da Saúde e Organização dos Estados Americanos.

Aplicativo

Para instalar no Android, ative a opção para instalação de aplicativos de fontes desconhecidas.

Os aplicativos são disponibilizados por CICLANOHOST


Facebook


Twitter