Horizontina é a Capital Estadual das Máquinas Agrícolas


Na sessão plenária desta terça-feira (06/12), a Assembleia Legislativa aprovou, por 48 votos favoráveis e nenhum contrário, o projeto de lei 345/2015, de autoria do deputado estadual Jeferson Fernandes (PT), declarando o município de Horizontina a "Capital Estadual das Máquinas Agrícolas" e instituindo o dia 5 de novembro para se comemorar, anualmente, o "Dia da Colheitadeira Agrícola".
Segundo Jeferson, "o pioneirismo de Horizontina na produção de maquinário agrícola se somou à cadeia formada em toda a região Região Noroeste. Com isso, abriu-se caminho para estabelecer uma enorme importância do Estado na produção de máquinas e implementos em nível nacional, chegando a representar 40% dos empregos formais deste seguimento no RS.
Essa história teve inicio em 14 de junho de 1945, quando foi constituída a Schneider Logemann e Cia (SLC). Um dos marcos mais significativos foi o lançamento, pela empresa, da primeira colheitadeira automotriz brasileira, modelo SLC 65-A, em 5 de novembro de 1965. O equipamento foi inspirado no modelo 55 da John Deere, uma das mais avançadas máquinas da época, importada dos Estados Unidos e utilizada no Brasil. Na evolução histórica, em 1979, a John Deere adquiriu 20% das ações da SLC, passando a produzir máquinas agrícolas com tração eletro-mecânica. Já em 1999, a John Deere assume o controle acionário da SLC e, em 2001, todos os produtos incorporam a marca John Deere, tornando-se uma das principais empresas do setor em nível nacional e internacional.
"Por tudo que este setor representa para a cidade e pelo que este importante município representa para o RS, a partir de hoje, Horizontina é declarada a Capital Estadual das Máquinas Agrícolas", comemorou o deputado.

Aplicativo

Para instalar no Android, ative a opção para instalação de aplicativos de fontes desconhecidas.

Os aplicativos são disponibilizados por CICLANOHOST


Facebook


Twitter