Saques da poupança superam em R$ 2,7 bi os depósitos em outubro, segundo BC


Pelo décimo mês seguido, os brasileiros mais retiraram dinheiro da poupança do que depositaram. A retirada líquida, em que são descontados os depósitos, ficou em dois bilhões e 700 milhões de reais em outubro, de acordo com o Banco Central. Mesmo sendo o décimo mês em que a saída supera os depósitos, houve uma ligeira melhora em relação a outubro do último ano, quando a poupança perdeu mais de três bilhões de reais em aplicações.


Já em relação aos dez primeiros meses de 2016, a retirada de dinheiro das poupanças superou em 53 bilhões e 250 milhões de reais os depósitos. Com os juros e a inflação estão altos, outras aplicações podem ser mais atrativas, a depender da taxa de administração, do custo do imposto e do prazo do investimento.


Além disso, a recessão da economia também contribuiu para que as pessoas precisassem resgatar recursos da poupança. Por causa da crise e do desemprego, os brasileiros têm menos dinheiro para aplicar e, além disso, podem precisar resgatar o dinheiro guardado para dívidas.

Aplicativo

Para instalar no Android, ative a opção para instalação de aplicativos de fontes desconhecidas.

Os aplicativos são disponibilizados por CICLANOHOST


Facebook


Twitter