UNIJUÍ preparada para o curso de medicina


O reitor da Unijuí, professor Martinho Luís Kelm, falou nesta segunda-feira (24), sobre o processo de implantação do curso de Medicina em Ijuí. O reitor destacou a mobilização que existiu desde o princípio por parte da Universidade, juntamente com lideranças locais e regionais, para que Ijuí fosse um dos 39 municípios a ofertar o curso. O professor explica que desde o início a Unijuí estava apta a oferecer o curso, sendo classificada em primeiro lugar na etapa inicial do processo, só houve desclassificação na segunda etapa, quando critérios do edital foram alterados. O reitor destaca ainda que, após essa modificação, a Universidade não entrou com processo judicial e afirma: "A UNIJUÍ está e sempre esteve preparada para a oferta do curso de Medicina em Ijuí".
Agora, com a desistência da instituição escolhida para ofertar medicina em Ijuí, a cidade segue apta para receber o curso, mas não possui no momento nenhuma instituição classificada. Sobre os próximos encaminhamentos, será publicada no Diário Oficial da União nos próximos dias a desistência da instituição que havia ganhado o edital e o Ministério da Educação deve trabalhar na viabilização para que outra instituição faça a oferta.
A partir de agora o MEC tem 90 dias para finalizar o processo na busca desta alternativa de qualidade para garantir a oferta do curso em Ijuí. Uma das alternativas é avaliar as estruturas da Unijuí para que a Universidade possa fazer a oferta, ou abrir um novo edital somente para o município de Ijuí, em que a Unijuí também iria se habilitar. Caso a avaliação seja positiva para a Universidade, o reitor afirma: "Poderíamos estar pensando numa possibilidade de no Vestibular de Inverno de 2017 já termos a oferta na UNIJUÍ, mas estamos trabalhando em conjecturas".

Aplicativo

Para instalar no Android, ative a opção para instalação de aplicativos de fontes desconhecidas.

Os aplicativos são disponibilizados por CICLANOHOST


Facebook


Twitter