Governo financiará mil bolsas de residência em hospitais públicos e privados sem fins lucrativos


O Ministério da Saúde vai financiar 400 novas vagas em residência médica e outras 600 residências em área profissional da saúde, com ênfase em residências multiprofissionais. A expansão das vagas vai ser feita pelo programa Pro-Residência, que incentiva a formação de especialistas pelo financiamento das bolsas.
 
De acordo com o Ministério, uma novidade dos editais é a priorização de programas que considerem as necessidades do Sistema Único de Saúde para responder às demandas da epidemia de Zika, dengue e chikungunya, além do cuidado com pessoas com microcefalia.
 
O prazo para envio de propostas vai até 30 de novembro. As instituições públicas estaduais, municipais e do Distrito Federal e instituições privadas sem fins lucrativos podem concorrer aos editais. As instituições interessadas podem enviar as propostas pelo Sistema de Informações Gerenciais do Pró-Residência, no endereço sigresidencias.saude.gov.br.

Aplicativo

Para instalar no Android, ative a opção para instalação de aplicativos de fontes desconhecidas.

Os aplicativos são disponibilizados por CICLANOHOST


Facebook


Twitter