Produtores de vinho organizados em cooperativa preparam evento para apresentação de produtos e degustação


A Cooperativa do Vinho Fronteira Noroeste e Economia Solidária está se organizando para a inauguração oficial da estrutura da Coopervino e do ponto de comercialização junto à agroindústria localizada às margens da RS-305, em Tucunduva, no próximo dia 1º/12. O evento de lançamento foi pauta de reunião entre diretoria da cooperativa e Emater/RS-Ascar, através do escritório municipal e da Unidade de Cooperativismo, na sexta-feira (14) que passou.Na oportunidade ficou acertado que o evento será dividido em dois momentos. O ato inaugural será realizado às 18h, no ponto de vendas, com presença de autoridades e convidados, sendo que haverá degustação do suco de uva e vinho produzido pelos associados, assim como exposição e comercialização de vinhos, queijo, salame, panificados, artesanato e outros produtos coloniais de produtores e agroindústrias locais.
Às 20h30 será promovido Jantar Comemorativo no Salão da Comunidade de Bela Harmonia, com apresentações culturais do Círculo Trentino, grupo da Terceira Idade e Grupo de Danças Tarantella, apresentações de canto. No cardápio, massa, galeto, polenta, molho, fortaia e saladas, sendo cartões comercializados a R$ 18,00. Entre as bebidas que serão oferecidas estão o suco e o vinho.
Entre os presentes estiveram os extensionistas da equipe municipal da Emater/RS-Ascar, Jonas da Silveira e Solange Chitolina, o contador da Unidade de Cooperativismo Roberto Ferreira, o presidente da cooperativa Dejalma Turra, vice-presidente Lauro Grando e os associados Dionísio Fronza, Eduardo Servat e Tiago Rossato.
A cooperativa, inserida no Programa de Extensão Cooperativa (PEC) coordenado pela Secretaria de Desenvolvimento Rural, Pesca e Cooperativismo e executado pela Unidade de Cooperativismo da Emater/RS-Ascar, recebe acompanhamento continuado em sua gestão e no desenvolvimento de ações e acesso a políticas públicas.
Ferreira destaca que o investimento em estratégias de comercialização é importante para garantir a comercialização dos produtos, tanto das cooperativas como dos associados. A comercialização ainda é um gargalo, o produto precisa chegar ao consumidor, estar disponível para ele, isso requer investimento e estratégias bem pensadas de comercialização.
A Coopervino conta atualmente com 35 associados de Tucunduva, Tuparendi, Porto Mauá, Três de Maio, Doutor Maurício Cardoso e Horizontina.

Aplicativo

Para instalar no Android, ative a opção para instalação de aplicativos de fontes desconhecidas.

Os aplicativos são disponibilizados por CICLANOHOST


Facebook


Twitter