Bancários encerram greve e voltam ao trabalho nesta sexta-feira


Após 31 dias de greve, os bancários decidiram encerrar a paralisação e voltar ao trabalho nesta sexta-feira. Em Porto Alegre, foram realizadas quatro assembleias da categoria, que aceitou a nova proposta da Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) de reajuste salarial de 8%. 

A Fenaban ainda ofereceu abono de R$ 3,5 mil para 2016, 10% no vale refeição e no auxílio-creche-babá, e de 15% no vale alimentação. O acordo proposto pelos bancos tem validade de dois anos.

Para 2017, a proposta prevê reajuste de acordo com a inflação, mais 1% de aumento real. Além disso, neste ano, os bancos não irão descontar os dias parados. 

O presidente do SindBancários, Everton Gimenis, afirma que a proposta apresentada ontem foi "satisfatória". "A gente evoluiu bastante dentro da negociação. Pela primeira vez, não teremos que fazer a compensação das horas, isso também ajudou bastante", destaca. 

Os bancários pediam a reposição da inflação do período mais 5% de aumento real. A greve, que começou no dia 6 de setembro, supera a de 2004, com duração de 30 dias. No ano passado, a paralisação durou 21 dias. 

Segundo o último balanço da Federação dos Trabalhadores e Trabalhadoras em Instituições Financeiras, mais de mil agências fecharam as portas no Rio Grande do Sul durante a mobilização. 

Fonte: Radio gaúcha

Aplicativo

Para instalar no Android, ative a opção para instalação de aplicativos de fontes desconhecidas.

Os aplicativos são disponibilizados por CICLANOHOST


Facebook


Twitter