Doação de órgãos no Hospital Vida & Saúde


Às 14h 30min, desta quarta-feira(27), foi dado início a um belo ato de grandiosidade e solidariedade da família Falkenback e Biermann, de Santo Ângelo. Depois da constatação da morte cerebral de Willian de 22 anos, a família optou por doar os órgãos. 
Após sofrer um acidente na noite, do último sábado(23), o jovem deu entrada na UPA, por volta das 19h, trazido pela equipe do SAMU. Willian foi logo encaminhado para a UTI do Hospital Vida & Saúde. Na terça-feira(26), às 11h 19min foi constatada a morte cerebral. A partir desse momento, a equipe da CIHDOTT - Comissão Intra-Hospitalar de Doação de Órgãos e Tecidos para Transplantes, do Vida & Saúde, realizou todo o protocolo de exames e contato com a família. Segundo a mãe de Willian, Vera Lucia Falkenback Biermann, o filho era doador, "Para ele a doação de órgãos deveria ser lei. Ele falou que era doador e nós estamos respeitando a vontade do nosso filho".
A equipe da Organização de Procura de Órgãos OPÔS 7, de Porto Alegre, realizou a captação dos dois rins e do fígado. A cirurgia para captação encerrou às 16h 40min, quando a equipe voltou para Porto Alegre para proceder com as doações que serão destinadas para 3 pacientes. Este foi o primeiro caso de doação, em 2016, realizado no Hospital Vida & Saúde. Em 2015, foram duas captações, e em 2014, 3 captações. A equipe da CIHDOTT reforça a importância das pessoas abordarem esse assunto em casa, e expressarem o desejo ou não de serem doadores, pois isso, facilita a decisão da família nesta hora tão difícil. 

Assessoria de Comunicação Vida & Saúde

Aplicativo

Para instalar no Android, ative a opção para instalação de aplicativos de fontes desconhecidas.

Os aplicativos são disponibilizados por CICLANOHOST


Facebook


Twitter