Estação férrea de São Luiz Gonzaga será revitalizada


A antiga estação férrea de São Luiz Gonzaga, que atualmente está abandonada, será revitalizada. Ela foi desativada ainda no século passado e sofreu as deteriorações do tempo e atos de vandalismo.  O recurso para a obra será custeado pela América Latina Logística - ALL, por determinação judicial.
O Ministério Público Federal, através do procurador da República em Santo Ângelo, Osmar Veronese, ingressou com a ação. O objetivo é compensar os prejuízos causados aos municípios abrangidos pela malha ferroviária e condicionar a ALL a cumprir o acordado na concessão pela reativação dos serviços. A indenização é de R$ 8 milhões para ser dividido entre os municípios.
Em breve, será publicado um edital para a contratação de empresa que irá realizar a obra. Devido ao período eleitoral, elas devem começar somente após as eleições.
O valor total da indenização para São Luiz Gonzaga compreendeu o recurso de R$ 844.729,02. Além de revitalizar a estação, o recurso também foi empregado para revitalização do Palco Cenair Maicá e melhorias na Praça da Matriz; transformação do antigo presídio em um Centro Integrado da Cidadania e revitalização da Praça Cícero.
A estação, que já foi referência regional, foi inaugurada em 1943. Cerca de três décadas depois, a empresa Viação Férrea do Rio Grande do Sul foi extinta e o transporte de trem foi substituído por veículos como caminhões e ônibus.

Aplicativo

Para instalar no Android, ative a opção para instalação de aplicativos de fontes desconhecidas.

Os aplicativos são disponibilizados por CICLANOHOST


Facebook


Twitter