PMDB da Grande Santa Rosa confirmou candidaturas à majoritária em 85% dos seus 21 municípios


Primeira vez em Santa Rosa desde que assumiu o ministério do Desenvolvimento Social e Agrário, Osmar Terra disse, na 14ª edição do projeto Rota da Vitória - o PMDB no teu município, que o que une os peemedebistas é um ideal maior e o que momento no Brasil é de transformação. O encontro, preparatório para as eleições municipais de 2016, realizado na noite desta sexta-feira, 17 de junho, no auditório do Campus da Unijuí, reuniu cerca de 200 pessoas e contou com a presença do deputado federal Darcísio Perondi, do deputado estadual e presidente do PMDB-RS, Ibsen Pinheiro, do secretário-geral do partido e deputado estadual, Gabriel Souza, e da presidente da Fundação Estadual de Produção e Pesquisa em Saúde (Fepps), Neusa Kempfer.

Terra, que construiu sua vida pública em Santa Rosa, é o primeiro ministro de Estado na história do município, e contextualizou a grave crise econômica e política que o País enfrenta. "Nós estamos no miolo de uma mudança extraordinária que está acontecendo no Brasil e precisamos ser companheiros, darmos as mãos, sugerirmos propostas, porque temos compromisso com o futuro", frisou. Sobre a presidente afastada Dilma Rousseff, o ministro fez duras críticas, apontando especialmente os cortes nos investimentos públicos. Na educação, por exemplo, são R$ 10 bilhões a menos no orçamento deste ano e na saúde R$ 20 bilhões.

"Eles precisam parar com a hipocrisia. Com o discurso que não condiz com a realidade. Encontramos um Brasil com 11 milhões de desempregados. Os erros são tão graves que ela [Dilma] teve que esconder durante três anos o buraco orçamentário, através das pedaladas, para disfarçar a tragédia da economia brasileira", criticou Terra. Sobre o desafio do partido no comando do país, Osmar disse que "vai dar uma demonstração que um outro mundo é possível, não é o mundo de mentiras do PT".

O presidente Ibsen Pinheiro disse que o Impeachment teve duas causas: o desencanto da herança maldita e a esperança, decorrente da certeza da mudança no país. Ibsen reconheceu a liderança dos deputados federais Darcísio Perondi e Osmar Terra durante todo o processo. "Vocês estiveram à frente do núcleo que pensava o conjunto da bancada e lideraram política e ideologicamente este movimento. Tiveram peso decisivo na conduta final da bancada", destacou o líder do PMDB gaúcho.

Coordenadoria terá candidatura majoritária em 85% dos município

A coordenadoria da Grande Santa Rosa é composta por 21 municípios. Destes, atualmente o PMDB comanda sete prefeituras, conta com três-vice-prefeitos e 38 vereadores.

Os municípios da coordenadoria são Alecrim, Alegria, Boa Vista do Buricá, Campina das Missões, Candido Godói, Doutor Maurício Cardoso, Giruá, Horizontina, Independência, Nova Candelária, Novo Machado, Porto Lucena, Porto Mauá, Porto Vera Cruz, Santa Rosa, Santo Cristo, São José do Inhacorá, Senador Salgado Filho, Três de Maio, Tucunduva e Tuparendi.

O coordenador regional Claudio Franke afirmou que nas eleições municipais deste ano o PMDB da região pretende compor chapa majoritária em 18 dos 21 municípios da coordenadoria, compreendendo 85% da totalidade. Franke confirmou ainda que o objetivo é aumentar de sete para nove prefeitos. Maiores cidades como Três de Maio, Santo Cristo e Santa Rosa deverão ter candidatos, anunciou o coordenador.

Osmar Terra, ainda mais otimista, disse que o PMDB possui chances reais de dobrar o número de prefeitos e que fará uma programação para estar presente na região com mais frequência neste período. "Aqui é a minha terra, o meu chão. Vou auxiliar e apoiar os nossos candidatos. Nestas eleições vamos afirmar o nosso tamanho e nos prepararmos para os desafios de 2018", finalizou Terra.

Participaram do encontro prefeitos, vice-prefeitos, vereadores, pré-candidatos e lideranças municipais e regionais. O suplente de deputado estadual Paulo Opus Dei também estava presente na atividade.

Organização e participação dos núcleos

O presidente da JPMDB-RS Beto Fantinel ressaltou que a série preparatória é momento de discutir o futuro do partido e a caminhada política que consagrará o PMDB com vitórias nas eleições. À frente da juventude peemedebista, Beto aproveitou a oportunidade para criticar a partidarização que o CPERS tem realizado na educação estadual - com greves e ocupações - e disse que o caminho para construção das melhorias é o diálogo.

A vice-presidente do PMDB Mulher RS, Denise Braga, disse que o núcleo feminino acredita que só através da participação é possível realizar a transformação. "Precisamos ter vez e voz em todas as estâncias partidárias, com a representação efetiva, contribuindo, fazendo o contraditório quando necessário, mas sempre marcando nossa posição", enfatizou Denise.

Homenagem e reconhecimento

Após o Rota da Vitória, o ministro Osmar Terra foi recebido por 800 pessoas em um jantar de homenagem, que reuniu lideranças pluripartidárias, no CTG Sepé Tiaraju. Osmar Terra, que foi prefeito do município, disse que será um agente de apoio ao Rio Grande do Sul junto ao Governo Federal para ajudar o Estado nas questões de desenvolvimento econômico e social e na área da saúde.

Aplicativo

Para instalar no Android, ative a opção para instalação de aplicativos de fontes desconhecidas.

Os aplicativos são disponibilizados por CICLANOHOST


Facebook


Twitter