Dois empresários foram presos acusados de envolvimento no furto de peças da AGCO em Santa Rosa


Os policiais civis prenderam na tarde desta terça-feira (24-05), dois empresários acusados de envolvimento no furto de peças da indústria de colheitadeiras AGCO do Brasil, unidade de Santa Rosa. Conforme o delegado Vilmar Alaídes Schaefer, o material desviado chega a R$ 2 milhões. A prisão aconteceu após uma denúncia anônima. Um dos presos é de Tuparendi. O delegado Schaefer, revelou que as peças eram vendidas no mercado paralelo. As peças saiam da indústria misturada no material separado para descarte.

Aplicativo

Para instalar no Android, ative a opção para instalação de aplicativos de fontes desconhecidas.

Os aplicativos são disponibilizados por CICLANOHOST


Facebook


Twitter