Daer investirá R$ 560 milhões na malha rodoviária estadual em 2016


A previsão do Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem (Daer) é investir R$ 560.786.564,93 na recuperação e na pavimentação de rodovias em 2016. O volume é quase três vezes maior do que os R$ 197 milhões aplicados em 2015. O valor é referente a programas financiados pelo Banco Mundial (Bird) e pelo BNDES.  
Só no Programa Restauro serão aplicados R$ 220.050.675,73, com recursos do Banco Mundial (Bird). O Daer estima que, ainda neste ano, todos os 15 lotes estarão com obras em andamento. Além dos trechos já com trabalhos em curso, em 2015 começaram os trabalhos na ERS-715 e na ERS-717 (em Sentinela do Sul e Tapes, respectivamente) e foi assinada a ordem de serviço no lote que compreende a ERS-400 (Vila União a Sobradinho) e a ERS-481 (Cerro Branco a Novo Cabrais). A meta do Daer é recuperar até o fim do ano 60% do total de 684,58 quilômetros previstos no programa.
No Programa Acessos Municipais, o Daer já concluiu mais de 100 quilômetros de rodovias desde o começo do ano passado. O mais recente é a ERS-430, que dá acesso ao município de Santa Cecília e foi inaugurado dia 22 de abril. De 2015 até agora, também foram entregues os acessos aos municípios de André da Rocha, Esmeralda, Jacuizinho, Relvado, Canudos do Vale e Braga - Campo Novo. A meta da autarquia é encerrar 2016 com um total de 28 acessos municipais prontos. O investimento previsto até o fim do ano é de R$ 131.509.964,98, com financiamento do BNDES.
No Crema Serra, as obras seguem em ritmo intenso. A recuperação da ERS-324 e da ERS-122 avança para as últimas etapas, com a capa asfáltica já implantada em quase todos os segmentos atendidos pelo programa. Ainda em maio, terá início a recuperação da BR-470 (entre Nova Prata e o entroncamento com a ERS-431, para São Valentim do Sul), que é a última rodovia a receber os serviços. Até o final de 2016, devem ser investidos R$ 98.851.570,93. 
Em abril, o Departamento também deu início à recuperação de rodovias do Crema Erechim. O contrato prevê o restauro de 170,7 quilômetros, com investimentos de R$ 78 milhões do Banco Mundial (Bird). As estradas contempladas são: ERS-126, ERS-208, ERS-343, ERS-467 e ERS-478.
Ainda no programa Crema, o Daer tem como objetivo, em 2016, licitar os lotes de Passo Fundo - Palmeira das Missões (250 quilômetros e Santa Maria - Cachoeira do Sul (240 quilômetros).
A autarquia também tem firmado importantes parcerias com os municípios para a pavimentação e a sinalização de vias. Até o final de 2016, devem ser investidos R$ 43.051.278,00 em convênios com prefeituras. Nos últimos dias, o Daer e a Secretaria dos Transportes assinaram novos contratos para obras, como a pavimentação com pedras na rodovia ERS-437, entre Vila Flores e Nova Roma do Sul; e a construção de uma ciclovia dentro da faixa de domínio da ERS-500, em Constantina.

Aplicativo

Para instalar no Android, ative a opção para instalação de aplicativos de fontes desconhecidas.

Os aplicativos são disponibilizados por CICLANOHOST


Facebook


Twitter