FENASOJA: Caminhos da Soja encantam visitantes da feira


Quem prestigiou o primeiro dia da 21ª edição da Feira Nacional da Soja (Fenasoja) se encantou com o espaço Caminhos da Soja, em que o visitante literalmente ingressa em uma residência típica da região de Santa Rosa nos anos 50 e tem a oportunidade de conhecer um pouco da rica história do berço nacional da soja. Ali é possível, além de ouvir um pouco sobre como era a vida dos primeiros colonizadores desta parte do RS e acompanhar uma encenação do grupo Étnico Madre Paulina, de Crissiumal, conhecer utensílios domésticos e utilizados na agricultura, os meios de transporte dos colonos e muitos outros objetos que faziam parte da vida dos responsáveis pela introdução do principal grão cultivado hoje no Brasil. Assim como, é apresentada parte da trajetória dos mais de 60 anos da Assistência Técnica e Extensão Rural e Social (Aters) do Estado, serviço executado pela Emater/RS-Ascar desde 1955.

 

A solenidade que marcou a abertura dos Caminhos da Soja aconteceu na tarde desta sexta-feira (29/04), no Parque Alfredo Leandro Carlson, onde acontece a Fenasoja, contando com a presença do vice-presidente da feira, Alexandre Maronez, do gerente regional da Emater/RS-Ascar, Flávio Joel Baz Fagonde, da presidente da Comissão da Soja e Derivados, Vanessa Gnoatto, e do diretor de Turismo da Prefeitura Municipal de Santa Rosa, Amílcar Luconi.

 

Amílcar agradeceu a parceria e empenho dos extensionistas da Emater/RS-Ascar para tornar possível a exposição dos Caminhos da Soja, assim como destacou a satisfação da Administração Municipal em poder contribuir com a materialização de uma ideia tão importante para a cultura local.

 

Para a presidente da Comissão da Soja e Derivados e assistente técnica regional da área Social da Emater/RS-Ascar, Vanessa Gnoatto, o espaço ajuda a manter viva a cultura e a identidade dos povos da região. "Nos orgulhamos muito de ostentar o título de berço nacional da soja, grão que chegou pelas mãos de um pastor evangélico que o distribuiu entre os agricultores dos distritos onde atuava e foi o grande incentivador para que a produção deste importante vegetal começasse aqui no País. História que conseguimos dar vida através dos 21 cenários montados aqui, que ganham vida através das apresentações dos jovens do grupo Étnico Madre Paulina, que ocorrem até o final da feira, no domingo (08/05)", conta Vanessa.

 

"A Extensão Rural dá vida ao campo e procura apresentar esta vida na Fenasoja, além disso, vidas que passaram e deixaram seus rastros estão representadas nestes caminhos. Para que isso acontecesse, foi fundamental a participação de extensionistas da região, que se dedicaram e sujaram as mãos para montar este espaço", agradeceu o gerente regional da Emater/RS-Ascar, Flávio Joel Baz Fagonde.


O Caminhos da Soja é resultado da parceria entre 21ª Fenasoja e Emater/RS-Ascar, com o apoio da Secretaria Municipal de Cultura e Turismo e Museu Municipal de Santa Rosa.

Aplicativo

Para instalar no Android, ative a opção para instalação de aplicativos de fontes desconhecidas.

Os aplicativos são disponibilizados por CICLANOHOST


Facebook


Twitter