Ministério Público Federal determina ao Prefeito Vicini a devolução de valores recebidos e não utilizados


O Ministério Público Federal (MPF) determinou ao Prefeito de Santa Rosa, Alcides Vicini, a devolução de R$ 65 mil decorrentes dos valores pagos pela BrasilTelecom/Oi como indenização aos consumidores da região, em acordo celebrado entre a empresa e o MPF, perante a Justiça Federal de Santo Ângelo.
MPF destinou os recursos aos órgãos de defesa do consumidor instalados na Subseção Judiciária de Santa Rosa/RS.
Assim, em 11/03/2014, foi destinado ao Procon de Santa Rosa a quantia de R$ 65 mil para aquisição de veículo, mobiliário e realização de obras de reforma e pintura na sede do órgão. Oprazo para realização da licitação, aquisição dos bens e realização da obra era de seis meses, prorrogável por novo período de seis meses.
Em 27/11/2014, foi destinado o valor restante de R$ 31.914,00 ao Procon de Horizontina, para aquisição de móveis para a sede do órgão de defesa do consumidor. De igual modo, foi estabelecido o prazo de seis meses para apresentação da prestação de contas, prorrogável, uma única vez, pelo mesmo período.
Em 27/08/2015, o Procon de Horizontina apresentou sua prestação de contas, comprovando a realização de licitação e aquisição dos equipamentos.
Entretanto, passados quase dois anos desde a destinação dos valores ao Procon de Santa Rosa, o município de Santa Rosa sequer havia realizado o procedimento de licitação para aquisição dos materiais e contratação dos serviços, motivo pelo qual foi determinada a devolução dos recursos.
Em 26/02/2016, o Município de Santa Rosa foi notificado da decisão que determinou a devolução dos recursos, sem, entretanto, efetuar a devolução dos valores. Nova notificação foi expedida ao prefeito e, caso não seja atendida no prazo estipulado de 10 dias, o valor será cobrado judicialmente.

Aplicativo

Para instalar no Android, ative a opção para instalação de aplicativos de fontes desconhecidas.

Os aplicativos são disponibilizados por CICLANOHOST


Facebook


Twitter