Carne suína gaúcha acumula saldo positivo nas exportações do primeiro trimestre do ano


A quantidade embarcada do produto foi quase 60% maior do que em igual período do no passado (veja no gráfico abaixo), com receita 6,7% superior, conforme dados do relatório da Federação da Agricultura do Estado (Farsul). Em recente balanço da Associação Brasileira de Proteína Animal, o presidente da entidade, Francisco Turra, atribuiu ao apetite chinês o desempenho do setor no período - mais de 50% dos itens enviados ao país asiático tiveram origem no Rio Grande do Sul.

Além do efeito positivo na economia, o avanço das exportações ajuda em outra equação, observa Antônio da Luz, economista do Sistema Farsul:

- Quanto mais se exporta, maior a neutralização entre produto embarcado e insumo comprado.

Ou seja: a venda ao mercado externo ajuda a amenizar a alta nos custos de produção, impulsionada pela valorização do milho.

Soja e arroz são outros destaques dos embarques no período.

Aplicativo

Para instalar no Android, ative a opção para instalação de aplicativos de fontes desconhecidas.

Os aplicativos são disponibilizados por CICLANOHOST


Facebook


Twitter