Rio Grande do Sul tem 97 casos suspeitos de Zika vírus



121 casos supeitos de Zika vírus já foram notificados em 2016 no Rio Grande do Sul. Destes, 23 foram descartados através de exame, e 1 confirmado, de um paciente de Porto Alegre que viajou para Macelândia, no Mato Grosso. 97 pacientes ainda aguardam resultados de exames para saber se foram realmente infectados.
O relatório atualizado foi divulgado pela Secretaria Estadual da Saúde, nesta sexta-feira (04).
Há a notificação de 5 grávidas com suspeita de infecção pelo Zika. Dois casos já foram descartados. Mas 3 gestantes ainda aguardam o resultado de exames laboratoriais.
Um outro dado divulgado diz respeito a casos de microcefalia no Rio Grande do Sul. Desde outubro de 2015, já foram notificados 43 casos. Destes, 1 foi confirmado, 16 descartados, e 26 ainda são investigados. Porém, a secretaria da saúde alerta que não há evidência de ligação com o Zika vírus, pois estão dentro da média de casos que o estado sempre registrou.
Também foram divulgados dados sobre a dengue: já são 85 casos confirmados, contraídos dentro do próprio Rio Grande do Sul em 2016, os chamados autóctones. Isso significa que os mosquitos estão contaminados e transmitindo a doença dentro do território gaúcho.
Foram notificados ainda, em 2016, 93 casos de suspeitos de Febre Chikungunya, e um caso confirmado importado, de uma pessoa residente em Santa Maria, que viajou para Pernambuco.
Fonte Radio Gaúcha

Aplicativo

Para instalar no Android, ative a opção para instalação de aplicativos de fontes desconhecidas.

Os aplicativos são disponibilizados por CICLANOHOST


Facebook


Twitter