Câmara dos Deputados aprovou a isenção da Contribuição para o PIS e da Contribuição para o Cofins sobre o óleo diesel


A Câmara dos Deputados aprovou no fim da noite desta quarta-feira (17-06) a isenção da Contribuição para o Programa de Integração Social (PIS) e da Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social (Cofins) sobre o óleo diesel. O texto foi votado como uma emenda à medida provisória que reajusta a tabela do Imposto de Renda.

Conforme os parlamentares que defenderam conceder isenção ao óleo diesel, a finalidade é beneficiar os caminhoneiros, já que a expectativa é de que haja um barateamento do combustível. O deputado Osmar Terra acredita que a retirada do PIS e da COFINS pode resultar em uma economia de vinte a quarenta centavos no preço por litro de combustível. Isso poderá gerar uma economia de aproximadamente R$ 2,2 mil no custo mensal da categoria. Terra classificou como uma vitória a retirada dos impostos sobre o óleo diesel que precisa de aprovação no Senado.

Já os Deputados petistas alertaram que a emenda deverá ser vetada pela presidente Dilma Rousseff que não aceita diminuir a arrecadação de dinheiro em impostos.

Aplicativo

Para instalar no Android, ative a opção para instalação de aplicativos de fontes desconhecidas.

Os aplicativos são disponibilizados por CICLANOHOST


Facebook


Twitter