16 dias de ativismo pelo fim da violência contra as mulheres foi realizada em Santa Rosa


SANTA ROSA - Na última sexta-feira, 25, uma blitz com distribuição de material informativo sobre a violência doméstica foi realizada no Módulo da Brigada Militar. A ação está inserida na campanha dos 16 dias de ativismo pelo fim da violência contra as mulheres e foi efetuada pela Coordenadoria de Políticas para a Mulher, Centro de Referência Regional de Atendimento à Mulher Dirce Grösz e Conselho Municipal dos Direitos da Mulher - COMDIM.
Origem da CAMPANHA DOS 16 DIAS DE ATIVISMO PELO FIM DA VIOLÊNCIA CONTRA AS MULHERES
Em 1991, 23 mulheres de diferentes países, reunidas pelo Centro de Liderança Global de Mulheres (Center for Women's Global Leadership - CWGL), lançaram a Campanha dos 16 dias de ativismo com o objetivo de promover o debate e denunciar as várias formas de violência contra as mulheres no mundo. As participantes escolheram um período de significativas datas históricas, marcos de luta das mulheres, iniciando a abertura da Campanha no dia 25 de novembro declarado pelo I Encontro Feminista da América Latina e Caribe (em 1981) como o dia Internacional de Não Violência Contra as Mulheres e finalizando no dia 10 de dezembro dia Internacional dos Direitos Humanos. Desse modo a campanha vincula a denúncia e a luta pela não violência contra as mulheres à defesa dos direitos humanos. Hoje, cerca de 130 países desenvolvem esta Campanha, conclamando a sociedade e seus governos a tomarem atitude frente a violação dos direitos humanos das mulheres.

Aplicativo

Para instalar no Android, ative a opção para instalação de aplicativos de fontes desconhecidas.

Os aplicativos são disponibilizados por CICLANOHOST


Facebook


Twitter